Coronavírus

‘Auxílio Emergencial’ vai ser prorrogado por quatro meses com valor de R$ 300

O anúncio do Renda Brasil, programa social que vai substituir o Bolsa Família vai ficar para outro momento

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução Agência Brasil)

O governo deve prorrogar o auxílio emergencial até o mês de dezembro, com quatro parcelas de R$ 300, valor que sempre foi defendido pelo presidente Bolsonaro. O anúncio do Renda Brasil, programa social que vai substituir o Bolsa Família e vai ser a marca social do governo federal, vai ficar para outro momento.

Assim, o ministro da Economia, Paulo Guedes, vai ter mais tempo para encontrar espaço para acomodar o novo gasto dentro do teto, que limita o avanço das despesas. O presidente quer um plano que não inclua a revisão ou a extinção de outros benefícios, como o abono salarial, pago a trabalhadores com salário até R$ 2.090 e que custa cerca de R$ 20 bilhões ao ano.

O abono é considerado ineficiente pela equipe econômica, mas a proposta foi rejeitada pelo presidente em reunião na última terça-feira. No dia seguinte, em viagem para Minas Gerais, Bolsonaro avisou que não vai “tirar de pobres para dar a paupérrimos”.

Nesta sexta-feira, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que quem dá o “timing” sobre temas como a prorrogação do auxílio emergencial e a criação do Renda Brasil é a política. Segundo ele, a equipe econômica tem simulações prontas sobre os gastos que os benefícios vão acarretar.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »