Brasil

Bandeiras tarifárias de energia tem valor reajustado

A bandeira amarela apresentou a maior alta de preço, correspondente a 50%

Por Redação Tupi

A bandeira amarela apresentou a maior alta de preço, correspondente a 50%
(Foto: Reprodução)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o reajuste, nesta terça-feira, do valor das bandeiras tarifárias amarela e vermelha, patamares 1 e 2, válidos a partir do próximo mês de junho.

No patamar 1, a bandeira amarela foi a que apresentou um maior reajuste, equivalente a um aumento de 50% no preço. A partir de junho custará R$ 1,50 cada 100 quilowatts-hora (kWh). Já a bandeira vermelha teve um acréscimo de cerca de 33,3% no preço, passando de R$ 3,00 para R$ 4,00, cada 100 kWh. Enquanto isso, no patamar 2, a bandeira vermelha passou de R$ 5 para R$ 6 por 100 kWh consumidos, uma alta de 20%.

De acordo com André Pepitone, diretor da Aneel, “a revisão é necessária para que não haja um déficit ainda maior em 2019, que terá que ser pago nas tarifas de energia em 2020”. Segundo Pepitone, o déficit para os cofres públicos foi de R$ 4,4 bilhões em 2017 e de aproximadamente R$ 500 milhões em 2018.

Comentários
recomendadas
enquete

Hoje é aniversário de Claudia Leitte. Qual música da cantora é a sua favorita?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
10 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »