Brasil

Governo eleva previsão de déficit para 2021 e ela passa de R$ 149,6 bilhões

O valor representa o dobro do déficit de R$ 68,5 bilhões para 2021 que consta da LDO de 2020

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Alan Santos/Presidência da República)

A pandemia de coronavírus elevou a previsão de rombo nas contas públicas para o próximo ano. Segundo o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021, encaminhado, nesta quarta-feira, ao Congresso Nacional, o Governo Federal deve registrar déficit primário de R$ 149,6 bilhões em 2021.

O valor representa o dobro do déficit de R$ 68,5 bilhões para 2021 que consta da LDO de 2020. O déficit primário representa o resultado negativo das contas do governo desconsiderando o pagamento dos juros da dívida pública. O ministro da Economia, Paulo Guedes, e diversos secretários da pasta, previam ser possível zerar o déficit em 2022, último ano do atual governo.

O déficit para os próximos anos pode piorar porque se baseiam em projeções iniciais que não consideram o impacto do coronavírus. O projeto enviado ao Congresso considera previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de 3,3% em 2021, 2,4% em 2022 e 2,3% em 2023.

O próprio secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, admitiu que o governo enviará novos números ao Congresso assim que houver alguma definição das projeções para a economia no próximo ano e que elas serão revistas caso a política de isolamento se prolongue.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »