Brasil

Leilão na faixa do pré-sal arrecada R$ 11 bilhões

Ministro da Economia, Paulo Guedes, avaliou o leilão como um "enorme avanço"

Por Marcos Antonio de Jesus

Imagem do Campo de Búzios no pré-sal da Bacia de Santos
(Foto: Reprodução / Agência Brasil)

Dois consórcios, cada um com três empresas, arremataram, por R$ 11 bilhões, os campos de Sépia e Aratu, na área do Pré-sal. Este foi o último grande leilão de petróleo promovido pelo governo em 2021. Ele faz parte da 2ª rodada da cessão onerosa de campos para exploração de petróleo, e é o segundo maior da história, segundo o governo.

As duas áreas ficam na Bacia de Santos, a mais importante para extração em águas profundas brasileiras, e uma das regiões mais cobiçadas do mundo para exploração da commodity. A licitação foi organizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O ministro da Economia, Paulo Guedes, avaliou o leilão como um “enorme avanço”. “Eu às vezes faço alguns comentários a respeito do regime de partilha, um regime supercomplexo, que explica toda a dificuldade que tivemos, mas tem uma vantagem. No sistema, trouxe consórcios”, afirmou ele.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
21:00 - Botequim do Mister
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »