Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Mais de 150 escolas estão inscritas para Festival Nacional da Matemática

Evento tem oficinas selecionadas, oficinas convidadas, palestras, exposições e até cineclube com seleção variada de filmes

Publicado

em

Festival Nacional da Matemática
(Foto: Reprodução)

A Secretaria Municipal de Educação do Rio participa do Festival Nacional da Matemática, encontro para todos os públicos com principal objetivo de promover e desmistificar a matemática, levando conhecimento científico a situações diárias. O evento gratuito, organizado pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), teve início nesta quinta-feira (29) e segue até sábado (01), na Marina da Glória.

Nesta quinta-feira teve visitação exclusiva, com alunos de 153 escolas inscritas no festival. Na sexta-feira (30), os estudantes vão dividir o pavilhão com o público em geral. Nesses dias, estão previstos mais de dois mil estudantes no evento, e a ideia é que eles aprendam de forma prática os conceitos matemáticos, colocando a mão na massa nas atividades oferecidas.

– O Rio é a cidade da matemática. Quando olhamos para esse tipo de iniciativa do IMPA, vemos harmonia com aquilo que desenvolvemos na SME e enxergamos alguns objetivos. Primeiro é engajar os alunos de uma forma mais lúdica, mostrando que a matemática pode ser um barato. O segundo objetivo é poder conectar a matemática com a criatividade. O terceiro é servir de inspiração para todos os alunos do Rio – disse o Secretário Municipal de Educação, Antoine Lousao.

O Festival da Matemática tem oficinas selecionadas, oficinas convidadas, palestras, exposições e até cineclube com seleção variada de filmes. O público vai ter acesso a temas como robótica, objetos 3D, música, realidade virtual e  games. O evento, que conta ainda com palestrantes nacionais e internacionais, tem uma mascote, a arara azul Aramat, criada por estudantes durante congresso em 2018.

SME leva experiência “maker” para o evento

O estande da Secretaria Municipal de Educação tem quatro estações com experiências para o público. Com o apoio e a mediação de profissionais da rede, os visitantes podem experimentar e manipular recursos maker (mão na massa) e digitais, que são oferecidos aos alunos dos Ginásios Experimentais Tecnológicos (GETs).

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.