Brasil

MEC divulga orientações para distribuição de alimentação escolar

A medida garante a alimentação de estudantes das redes públicas da educação básica que estão com aulas suspensas

Por Marcos Antonio de Jesus

(Divulgação: Agência Brasil)

 

O Ministério da Educação e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação publicaram uma resolução com orientações para que secretarias de Educação de estados, do Distrito Federal e de municípios realizem a distribuição de alimentos do Programa Nacional de Alimentação Escolar.

A medida garante a alimentação de estudantes das redes públicas da educação básica que estão com aulas suspensas. De acordo com o documento, publicado no Diário Oficial de União, os alimentos devem ser distribuídos em forma de kits, definidos pela equipe de nutrição local, de acordo com a faixa etária de cada estudante e o período em que estaria sendo atendido na unidade escolar.

Além disso, os kits devem seguir as determinações do PNAE como respeitar hábitos alimentares, a cultura local e a qualidade nutricional e sanitária. Em caso de dúvidas, os responsáveis pelos estudantes podem procurar as secretarias estaduais ou municipais de Educação.

A presidente do FNDE, Karine Santos, destaca que o programa atende, diariamente, 40 milhões de estudantes das redes públicas de ensino. A resolução foi publicada após o Governo Federal, em caráter excepcional, autorizar a distribuição de alimentos adquiridos com recursos PNAE aos pais ou responsáveis de alunos de escolas públicas.

A lei permanece vigente até o fim do período de suspensão das aulas em razão de situação de emergência ou calamidade pública, resultado da pandemia de coronavírus.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »