Conecte-se conosco

Brasil

Indicador Antecedente de Emprego recua em outubro

Seis dos sete componentes do Iaemp tiveram queda, com destaque para tendência dos negócios

Publicado

em

Carteira de trabalho
Carteira de trabalho (Foto: Reprodução/Prefeitura do Rio)

O Indicador Antecedente de Emprego, medido pela Fundação Getúlio Vargasrecuou 4 pontos de setembro para outubro. Com isso, o indicador chegou a 79,8 pontos, o menor nível desde abril deste ano (79,5 pontos).

O índice, divulgado pela FGV, busca antecipar tendências do mercado de trabalho para os próximos meses, com base em entrevistas com consumidores e empresários da indústria e serviços.

Seis dos sete componentes do Iaemp tiveram queda, com destaque para tendência dos negócios, emprego previsto e situação atual dos negócios da indústria. De acordo com o economista Rodolpho Tobler, a desaceleração da economia parece já começar a influenciar as expectativas sobre o mercado de trabalho nos próximos meses.

Não é possível descartar novas quedas nos próximos resultados, dado que o cenário macroeconômico ainda é desafiador e a recuperação econômica tende a perder força na virada para 2023.

Continue lendo