Brasil

Taxa de informalidade no mercado de trabalho sobe para 40%, aponta IBGE

De acordo com Instituto, entre 86,7 milhões de trabalhadores do Brasil, 34,7 milhões eram de pessoas que não tinham carteira de trabalho assinada

Por Agência Brasil

IBGE (Foto: Divulgação)

Subiu para 40% a taxa de informalidade no mercado de trabalho brasileiro. O dado foi divulgado nesta sexta-feira (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o IBGE, entre os 86,7 milhões de trabalhadores do Brasil, 34,7 milhões eram de pessoas que não tinham a carteira assinada, trabalhavam por conta própria sem CNPJ ou trabalha auxiliando a família.

O número de trabalhadores informais no mês de maio é superior aos 39,6% do trimestre imediatamente anterior (encerrado em fevereiro deste ano) e aos 37,6% do trimestre findo em maio de 2020.

Os empregados com carteira de trabalho assinada no setor privado foi de 29,8 milhões de pessoas, uma queda de 4,2% (menos 1,3 milhão de pessoas) se comparado ao mesmo período de 2020.

Já os empregados sem carteira assinada no setor privado somaram 9,8 milhões de pessoas, contingente 6,4% maior (mais 586 mil pessoas).

Os trabalhadores por conta própria chegaram a 24,4 milhões, 3% acima do frente ao trimestre anterior (mais 720 mil pessoas) e 8,7% superior (mais 2 milhões de pessoas) ao trimestre findo em maio de 2020.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
18 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
03:00 - Show do Mário Belisário
09:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Botequim do Mister
06:00 - Fala Garotinho
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »