Celebridades

Fernanda Montenegro é chamada de ‘sórdida’ e ‘mentirosa’ por diretor da Funarte

Para Roberto Alvim, a atriz "deturpa a realidade de modo grotesco, ataca o presidente e seus eleitores de modo brutal"

Por Redação Tupi

Para Roberto Alvim, a atriz “deturpa a realidade de modo grotesco, ataca o presidente e seus eleitores de modo brutal”
(Foto: Divulgação)

A atriz Fernanda Montenegro virou alvo de críticas por parte do diretor do Centro de Artes Cênicas da Funarte, Roberto Alvim.Em texto publicado na sua conta oficial no Facebook, Alvim utilizou adjetivos como “sórdida” e “mentirosa” para se referir a veterana de 89 anos. A motivação do ataque seria a recente capa da revista Quatro Cinco Um, em que a artista aparece trajada como uma bruxa, momentos antes de ser queimada em uma fogueira de livros.

“Um amigo meu, bem-intencionado, me perguntou hoje se não era hora de mudar de estratégia e chamar a classe artística pra dialogar. Não, absolutamente não. Trata-se de uma guerra irrevogável. A foto da sórdida Fernanda Montenegro como bruxa sendo queimada em fogueira de livros, publicada hoje na capa de uma revista esquerdista, mostra muito bem a canalhice abissal destas pessoas, assim como demonstra a SEPARAÇÃO entre eles e o povo brasileiro. Temos, sim, que promover uma RENOVAÇÃO completa da classe teatral brasileira. É o ÚNICO jeito de criarmos um RENASCIMENTO da Arte no Teatro nacional. Porque a classe teatral que aí está é radicalmente PODRE. E com gente hipócrita e canalha como eles, que mentem diariamente, deturpando os valores mais nobres de nossa civilização, propagando suas nefastas agendas progressistas, denegrindo nossa sagrada herança judaico-cristã, bom – com essa corja”, disse o diretor, que ainda destacou algumas palavras com letras maiúsculas.

Após a publicação do texto, a Associação dos Produtores de Teatro (APTR) emitiu um comunicado de repúdio a fala de Alvim. “A APTR repudia veementemente as declarações do diretor de Artes Cênicas da Funarte, Sr. Roberto Alvim, em suas redes sociais, onde classifica o não diálogo com a classe artística como uma ‘guerra irrevogável’. Com a mesma intensidade, repudiamos a classificação da fala de dona Fernanda Montenegro como infantil, mentirosa e canalha. É absolutamente inadmissível que uma atriz com a sua trajetória seja atacada em seu livre exercício de expressão”, afirma um trecho do texto.

Outras figuras públicas que criticaram as declarações de Roberto Alvim foram o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e o prefeito da cidade de São Paulo Bruno Covas (PSDB). Para o primeiro, Alvim tem que “lavar a boca” para falar da atriz: “Um vagabundo deste, medíocre, picareta, escolhido por um seu igual para a FUNARTE …Lave a boca para falar de FERNANDA MONTENEGRO nossa atriz mundialmente respeitada”. Já o segundo disse que Fernanda é “um ícone da cultura nacional e deve ser respeitada e tratada com o valor que merece”.

Depois da repercussão negativa de suas palavras, Alvim voltou a se manifestar sobre o assunto e rebateu: “Sites, blogs e páginas da classe artística, além de inúmeras postagens, afirmam que sou ‘grosseiro’ e que tenho que ‘respeitá-la’, me xingam de tudo que é nome e exigem que eu me retrate e que seja demitido do cargo de diretor de Artes Cênicas. Fernanda MENTE escandalosamente, deturpa a realidade de modo grotesco, ataca o presidente e seus eleitores de modo brutal, e eu sou grosseiro e desrespeitoso, apenas por ter revidado a agressão falaciosa perpetrada por ela?”.

Até o momento, Fernanda Montenegro não se manifestou sobre o caso.

(Foto: Reprodução/Quatro Cinco Um)
Comentários
enquete

Mulheres administram melhor o dinheiro do que os homens?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »