Conecte-se conosco

Celebridades

Fotógrafo de Marília Mendonça e Cristiano Araújo desabafa: ‘Mergulhado de novo no abismo escuro’

Flaney Gonzallez usou as redes sociais para se manifestar sobre a morte da cantora e compositora

Publicado

em

Fotógrafo de Marília Mendonça
(Foto: Reprodução/Instagram)
Fotógrafo de Marília Mendonça

(Foto: Reprodução/Instagram)

O fotógrafo Flaney Gonzallez usou o próprio perfil oficial no Instagram para fazer um desabafo na última sexta-feira (05), após a confirmação da morte da cantora e compositora Marília Mendonça. O profissional, que trabalhava com a artista, declarou estar vivendo uma repetição de emoções, já que passou por uma experiência semelhante quando integrava a equipe do cantor sertanejo Cristiano Araújo, morto em um acidente de carro no ano de 2015.

“Eu estou aqui! Arrasado! Mergulhado de novo nesse mesmo abismo escuro, deserto e frio. Mais uma vez esgotado pela dor que parece arrebentar meu peito. Pensando se o que estou sentindo nesse instante vai passar e se suas imagens Henrique, Marília, Boiola… se o som de suas vozes, sorrisos e tantas lembranças que entopem minha cabeça agora vão virar saudade um dia sem fechar a minha glote”, refletiu Flaney. “Me da um tempinho a mais Deus, pra eu poder me despedir. Pra eu agradecer a ela tudo que fez por mim. Por ter feito questão de me ter por perto mesmo podendo ter tanta gente infinitamente melhor que eu”, clamou.

Na sequência do texto, o fotógrafo recordou a perda de Cristiano Araújo, além de destacar sua relação com o produtor Henrique Bahia, uma das vítimas do acidente aéreo da tarde da última sexta-feira (05). “Pelo Bahia eu soube que perdemos o Cris. Choramos juntos, passamos por todo esse pesadelo que parece se repetir igualzinho, juntos. A alegria de criança, a competência que vinha pela vaidade em ser bom, a bondade e pureza do seu coração Henrique, vão estar pra sempre aqui na memória. Eu te amo cara”, afirmou.

“Não faço idéia de como encarar esse estúdio de novo um dia. De como clicar sorrindo outra vez, nesse lugar que foi tão nosso nesses últimos meses. Eu não consigo me despedir ainda. Me faz dormir Deus. Me acorda amanha desse pesadelo. Por favor”, pediu Flaney, encerrando o texto.

Além de Marília e Henrique, também morreram na queda do avião o tio e assessor da artista Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto Geraldo Martins de Medeiros Júnior e o copiloto Tarciso Pessoa Viana.

Abaixo, confira a postagem com o desabafo do fotógrafo Flaney Gonzallez:

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *