Conecte-se conosco

Celebridades

Rafinha Bastos recorda experiência de atuar em pegadinhas do João Kleber: ‘Clima era pesado’

Humorista revelou que as brincadeiras eram todas armadas e que o apresentador humilhava os seus funcionários caso os resultados do programa não fossem bons

Publicado

em

Rafinha Bastos
(Foto: Reprodução/YouTube)

O apresentador e humorista Rafinha Bastos relembrou uma fase da sua carreira que é pouco conhecida do grande público. Em entrevista ao podcast Inteligência Limitada, o artista relatou a experiência de ter trabalhado como ator em pegadinhas do João Kleber.

“Surgiu a oportunidade de trabalhar na RedeTV!, em 2003, e fui trabalhar no programa do João Kleber. Fazendo pegadinha! Eu fiz duas pegadinhas e falei que nunca mais eu faria na vida”, declarou Rafinha. “Não era vergonha alheia, era o todo. Fazer a pegadinha não é o problema, eu tinha que pegar dois ônibus. Eu demorava duas horas para chegar em Alphaville, longe pra caramba e o clima de trabalho era pesado”, complementou.

Na sequência, o humorista detalhou o motivo dele dizer que os bastidores das pegadinhas não eram dos melhores. “Quando o programa não ia bem, o João Kleber cagava na cabeça de todo mundo. Era um negócio pesadíssimo. Volta e meia dava uma louca nele e demitia todo mundo. Falava que no dia seguinte ele não queria ninguém ali e demitia os câmeras e só ficava um que estava lá há uns 40 anos. Ele me tratou bem até”, contou.

Rafinha ainda explanou na entrevista que as brincadeiras do programa eram todas armadas. “Não podia repetir as pessoas com frequência. Eu era o ator, eu realmente atuei. Umas pegadinhas de merda e não tinha recurso nenhum”, recordou.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.