Conecte-se conosco

Entretenimento

Ex-BBB Juliette é acusada por vereador de fazer showmício em Caruaru

Os showmícios são ilegais desde que o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve o entendimento, que vigora desde 2006

Publicado

em

Juliette Freire
Juliette Freire (Foto: Reprodução)

A ex-BBB Juliette se envolveu em uma nova polêmica nesta terça feira (05), após ser um dos nomes mais comentados nas redes sociais. A cantora e ex- BBB foi acusada pelo vereador Rubinho Nunes (MBL-SP), por supostamente realizar campanha a favor do pré-candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em apresentação no festival da “Festa Junina de Caruaru”, no último sábado (2/7). Os showmícios são ilegais desde que o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve o entendimento, que vigora desde 2006.

O político anunciou que está processando a famosa e de acordo com o pré-candidato a deputado federal, Juliette teria incentivado o público a gritar o nome de Lula durante o show que realizou no São João de Caruaru, em Pernambuco, na madrugada do último domingo. “A ‘artista’ Juliete quis usar dinheiro público para cometer dois ilícitos eleitorais ao mesmo tempo: campanha antecipada e realização de showmício ao incentivar o público a gritos de apoio a Lula. Junto ao Guto Zacarias, processei esse absurdo! O dinheiro não vai ser utilizado para fazer campanha política de ex-presidiário”, disse Nunes em postagem no Twitter.

A ex-BBB ainda não se pronunciou sobre a denúncia, Felipe Neto já saiu em defesa da campeã do “BBB 21”: “Quando você perder, avisa a gente? Brasil está precisando dar risada da cara de pessoas como você. Abraço, querido”, ironizou o youtuber, respondendo a postagem de Rubinho.

Os cactos, que são fãs de Juliette, reagiram à notícia de maneira debochada nas redes sociais. Na tarde de hoje, a frase “Processei a Juliette” viralizou no Twitter.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.