Conecte-se conosco

Entretenimento

Filmes que retratam a vida dos cariocas são selecionados para a Mostra de Curtas-metragens

Realizada pela Baluarte Cultura, a iniciativa, que nasceu da urgência de fomentar financeiramente as produções audiovisuais periféricas.

Publicado

em

Foto - Reprodução

A Mostra de Curtas-metragens Coalizões Audiovisuais, terá nova edição no Estação NET Botafogo, dia 06 de fevereiro, às 20h30, e contará com a exibição de três curtas-metragens com histórias distintas e produzidas por pessoas nascidas e criadas nas favelas da cidade do Rio de Janeiro e Niterói, bem como da Baixada Fluminense.

Além do prêmio em dinheiro, o Coalizões Audiovisuais ofereceu aos integrantes das equipes laboratórios formativos com especialistas renomados em diversas áreas do audiovisual, como: roteiro, direção, produção, fotografia, som, montagem, pós-produção e circulação/distribuição. O resultado desse processo, são os curtas Educação na Mira, com direção de Rapha Silva e Diogo Santos; Minha Vida é uma Série, de Taisa Alves; e Pequena Profecia do Tempo, com roteiro e direção de Jay Preto e Marcos Vinicius de Souza.

Para Diogo Santos, as operações policiais na Favela da Maré impactaram diretamente na vida de milhares de moradores do território e a expectativa é que o público compreenda o dia a dia do complexo. “Tivemos a oportunidade de finalizar a ideia do filme durante as oficinas do Coalizões e ficou muito bom. Na oficina tivemos aulas de roteiro, produção, direção, iluminação e fez com que o filme ficasse fechadinho, do jeito que a gente queria fazer. Espero que o público curta e a expectativa da estreia é bem grande”, afirma.

Outra obra que estará na mostra é Minha Vida é Uma Série e a diretora de arte do curta, Samara Gonçalves, celebra a participação no edital Coalizões Audiovisuais, reforçando a importância de fomentar a produção de obras de pessoas negras, periféricas e LGBTQIAPN+.

“Uma experiência única. Todo suporte que tivemos, mentorias com diversos profissionais da área, acrescentou muito no nosso projeto e tenho certeza que as pessoas vão adorar o filme. Minha Vida é uma Série tem uma temática divertida e reflexiva ao mesmo tempo e espero que as pessoas consigam identificar essa diferença e possam gostar da obra como um todo. Que o projeto ganhe o mundo e colha muitos frutos”, comemora.

A vida em um território periférico tem suas nuances, suas nostalgias e suas histórias. Pequena Profecia do Tempo conta a relação de dois amigos que não deixam de se falar, mesmo com o passar do tempo. Jay Preto revela que a mensagem do curta é ter referência ancestral sobre a vida contemporânea. “Por um lado, é preciso ouvir os mais velhos, o que eles têm a dizer sobre o território, sobre a vida, sobre a passagem do tempo. E a partir de uma relação de amizade bonita, que atravessa o tempo, é que nós pensamos muito na feitura do projeto”, afirma.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *