Conecte-se conosco

Celebridades

Rapper nega que seja dono de cachorros que atacaram Cauã Reymond

A assessoria de Orochi, como é conhecido, informou que além dos cachorros não serem seus, a situação com o ator da Globo está resolvida

Publicado

em

Orochi e Cauã Reymond
Orochi e Cauã Reymond. (Foto: Reprodução)

O rapper Flávio Cesar Costa de Castro, conhecido como Orochi, negou que seja o dono dos cachorros que atacaram o ator global Cauã Reymond, neste mês de junho. De acordo com vizinhos do artista, que mora em um condomínio de luxo no Joá, na Zona Sul do Rio, três pitbulls, que andam do lado de fora de sua mansão sem coleira nem focinheira, já feriram moradores, entre eles, uma idosa.

Em comunicado, a assessoria do rapper informou que, além dos cachorros não serem seus, a situação com o ator da Globo está resolvida. Na nota, ele ainda cita um possível caso de racismo por parte da vizinhança, que gostaria de vê-lo fora do condomínio, já que é o único jovem negro no local, ainda mais por trabalhar com música.

“Os fatos alegados são contraditórios e serão devidamente apurados no judiciário. Os cães não são de minha propriedade, assim como em todos os supostos episódios de fugas dos cães eu não tive qualquer ação ou omissão que deixasse os cães escaparem. Apesar disso, há uma ainda não explicada intenção de atribuir a mim, talvez o único jovem negro proprietário de um imóvel no Joá, a pecha de ‘criminoso'”, disse o rapper, em um comunicado.

Cauã Reymond foi atacado por esses pitbulls quando caminhava na rua com a sua mulher, a modelo Mariana Goldfarb, sua filha, Sofia, de 10 anos, e dois cães da família.

A Polícia Civil do Rio instaurou inquéritos para investigar o rapper, pelos crimes de maus-tratos contra animais.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.