Conecte-se conosco

Celebridades

Vídeo de Jason Momoa como testemunha em julgamento de Johnny Depp é fake

Na paródia, juntaram um vídeo do ator que interpreta Aquaman com alguns trechos da audiência e o resultado deixou os internautas assustados

Publicado

em

Vídeo de testemunho de Jason Momoa em julgamento de Johonny Depp é falso.
Vídeo de testemunho de Jason Momoa em julgamento de Johonny Depp é falso. (Foto: Reprodução)

Um vídeo que viralizou nas redes sociais deixou os fãs com dúvida nesta segunda-feira (23). Trata-se de uma suposta participação de Jason Momoa, que interpretou Aquaman, no julgamento de Johnny Depp e Amber Heard, o casal que se separou e está envolvido em um dos maiores escândalos de abuso sexual da história de Hollywood. O vídeo, no entanto, não é verdadeiro. A equipe que produziu o vídeo juntou uma entrevista de Jason Momoa com alguns trechos das audiências e ainda contou com uma dublagem para disfarçar alguns momentos.

Amber Heard contracenou com Jason Momoa em Aquaman, inclusive sendo par romântico do ator. Ela interpretou Mera, que nos quadrinhos é a esposa do Aquaman.

Na paródia feita para brincar com os fãs, Jason zoa Amber, como se estivesse do lado de Johnny Depp. O que ajudou a criar uma veracidade no vídeo é que em alguns registros das audiências, há momentos de descontração em que Depp e alguns presentes gargalham, e se juntando ao vídeo de Momoa, dá a impressão de que tudo aquilo aconteceu de verdade.

No entanto, Jason Momoa não participou da audiência até o momento, nem está previsto para testemunhar. Do núcleo que participou do filme Aquaman, somente o presidente de filmes da DCWalter Hamada, vai depor virtualmente nesta terça-feira, )24), para testemunhar contra a atriz Amber Heard.

O vídeo original de Jason Momoa utilizado veio de uma entrevista dele para a apresentadora Ellen DeGeneres, do programa The Ellen Show, no início da pandemia, quando as entrevistas eram feitas remotamente.

Confira o vídeo:

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.