Botafogo

Bruno Nazário marca nos acréscimos e Botafogo vence Boavista pela Taça Rio

Meia garantiu a vitória do alvinegro por 2 a 1, pela primeira rodada da competição

Por Bruno Almeida

(Foto: Reprodução/Vitor Silva/Botafogo)

Botafogo e Boavista se enfrentaram neste domingo, pela primeira rodada da Taça Rio. O alvinegro abriu o placar com um belo gol de Alex Santana, mas viu o verdão de Saquarema empatar no começo do segundo tempo, com Michel. Entretanto, quando parecia que o jogo iria terminar empatado, Bruno Nazário fez o segundo, nos acréscimos, e garantiu a vitória do glorioso, a primeira de Paulo Autuori no comando do time. Foi o segundo jogo do treinador nesta passagem pelo clube.

O primeiro tempo foi melhor para o Botafogo, que estava pressionando. Aos 15 minutos, Alex Santana chutou forte de primeira uma bola quicando que a zaga do Boavista afastou, mas o tiro foi por cima do gol. Entretanto, aos 25, Rafael Navarro recebeu lançamento da esquerda, chutou e o goleiro Klever espalmou. Na sobra, Luis Henrique rolou para Alex Santana na entrada da área. Dessa vez o volante não desperdiçou. Ele bateu de primeira, no ângulo, e fez um verdadeiro golaço.

Aos 30 minutos, um lance inacreditável. Após cruzamento, Bruno Nazário cabeceou com força e Klever fez grande defesa. Na sobra, o meia chutou na pequena área e o goleiro defendeu à queima-roupa. No rebote, o camisa 10 finalizou com força pela terceira vez, dessa vez no alto, e Klever fez outro milagre.

O Boavista assustou em um momento na primeira etapa. Aos 32, Jean Victor, o mesmo que fez um gol de tiro livre na final da Taça Guanabara contra o Flamengo, bateu falta na entrada da área com força. Gatito defendeu e a bola explodiu no travessão. Depois disso, o Botafogo ainda chegou duas vezes. Na primeira, aos 44, o estreante do dia, Gabriel Cortez, recebeu passe de Bruno Nazário dentro da área, mas se atrapalhou e chutou fraco. Depois, aos 47, Luis Henrique fez boa jogada individual em contra-ataque, mas parou em Klever.

O segundo tempo começou muito movimentado. Com menos de um minuto, Gabriel Cortez recebeu passe de Alex Santana e balançou as redes, mas o juiz marcou impedimento do equatoriano. Dois minutos depois, Danilo Barcelos bateu uma falta com força e obrigou Klever a fazer outra boa defesa. Mas, aos cinco minutos, Wellington Silva cruzou pela direita, Michel cabeceou, a bola quicou, Gatito Fernández aceitou e o Boavista empatou a partida.

Logo após o gol, Michel chegou novamente com perigo. Ele chutou rasteiro cruzado e Gatito espalmou para o meio. Na sobra, Erick Flores dominou, mas a bola bateu na mão do camisa 10. O goleiro paraguaio fez outra boa defesa, após chute de Caio Dantas aos 23. O Botafogo voltou a assustar aos 28, com chute de Luis Henrique para fora, e aos 31, com toque de Luiz Fernando na saída de Klever, mas fraco, facilitando para a zaga cortar.

A partida parecia que terminaria empatada. Até que, aos 47 minutos, Caio Alexandre lançou para Luis Henrique, que driblou para o meio e passou para Bruno Nazário, pela esquerda. O meia infiltrou, recebeu na cara de Klever e tocou por cima do goleiro, desempatando a partida, com outro belo gol. Esta foi a quarta vez que o meia marcou com a camisa do Botafogo.

Com a vitória, o Botafogo assumiu a segunda colocação do Grupo A. Na próxima rodada, o alvinegro enfrenta o líder Flamengo, no sábado (07/03), às 18h, no Maracanã. Já o Boavista, quarto do grupo, encara o Bangu na sexta-feira (06/03), às 19h15, em Bacaxá.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »