Esportes

Brasil terá três atletas em finais da ginástica artística e perde vaga na final em equipes

Arthur Zanetti brigará pela terceira medalha olímpica; Arthur Nory decepciona e é eliminado mais cedo

Por Redação Tupi

Arthur Zanetti
Foto: Ricardo Bufolin/CBG

O Brasil terá três representantes em finais da ginástica artística. Ao final das classificatórias deste sábado, Arthur Zenetti terminou na quinta posição da argola, Caio Souza avançou no salto e individual geral. Diogo Soares também conseguiu uma vaga para a final individual geral. Nas equipes, o Brasil foi o primeiro time fora da zona de classificação, ficando na nona colocação.

O páreo pelo título de ginasta mais completo dos Jogos vai ser na quarta-feira (28), às 7h15 (horário de Brasília). Já as decisões das argolas e a do salto estão programadas para o dia 2 de agosto, a partir das 5h.

Com 14,900 pontos, Zanetti tentará a terceira medalha olímpica nas argolas. Ele mira a perfeição dos movimentos para superar os líderes: o grego Eleftherios Petrounias (15,333) e o chinês Liu Yang (15,300). O francês Samir Ait Said (15,066) e o turco Ibrahim Colak (14,933), atual campeão mundial

“Consegui acompanhar as séries deles. Fizeram uma excelente prova. Cometi uns erros dentro das classificatórias. Agora é trabalhar. Tem mais uns dez dias até a final, então dá tempo de trabalhar, buscar esses detalhas para chegar à maior perfeição possível. Dá para chegar. Já estou sabendo quais são os elementos que tive maior desconto. Se ajeitar esses dois elementos e cravar a saída, a gente chega em 15,300. É detalhes de competição. A gente tem tempo para ajeitar e ir à final para o tudo ou nada” – destacou Zanetti.

Já Caio Souza, campeão pan-americano, somando 84,298 pontos, foi o 18º colocado, mas entra na disputa com a 14ª marca por haver um limite de dois ginastas por país na final. As maiores chances dele, porém, são no salto. Caio foi o sétimo colocado com média de 14,700 pontos em seus dois saltos. A diferença para o primeiro colocado, o sul-coreano Shin Jeahwan foi de apenas 0,166 pontos.

Foto: Divulgação/COB

Medalhista dos Jogos da Juventude de 2018 e caçula da equipe brasileira com 19 anos, Diogo Soares beliscou a 24ª e última vaga na final do individual geral. Somando 81,332 pontos, ele foi o 36º colocado, mas foi beneficiado pelo limite de dois ginastas por país na decisão.

Ficaram de fora:

Atual campeão mundial da barra fixa, Arthur Nory acabou fora da final do aparelho. O ginasta de 27 anos comemorou sua prova apesar de ter cometido pequenas falhas de execução, mas depois se decepcionou com a nota: 14,133 pontos. Acabou na 12ª posição e fora da final. Nory ficou muito abatido e teve de ser consolado pelo seu técnico, Cristiano Albino. Francisco Barretto, finalista da barra fixa na Rio 2016, também parou nas classificatórias.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »