Esportes

CEO dos Jogos de Tóquio afirma que Olimpíadas podem “não ser convencionais”

Por outro lado, Toshiro Muto garantiu que tudo será completo e prometeu novidades em breve

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Em conferência realizada na manhã desta sexta-feira (15), o CEO do Comitê Organizador das Olimpíadas de Tóquio 2020/2021, Toshiro Muto, revelou que a edição pode “não ser convencional”, já que existe uma diminuição de gastos e das medidas ainda contra o novo coronavírus.

“Os Jogos que poderemos ter em um ano podem não ser convencionais como outras Olimpíadas e Paraolimpíadas que tivemos até agora” – disse.

Toshiro Muto também afirmou que os Jogos podem não ser grandiosos, mas garantiu que será completo. Tudo será feito de acordo com a tradição, mas limitações podem existir. A ideia do CEO, inclusive, é que as Olimpíadas possam deixar algum legado no quesito redução de gastos e a realização de um evento mundial perfeito.

Perguntado sobre as chances de um novo adiamento e consequentemente o cancelamento dos Jogos de Tóquio, Toshiro Muto desconversou e seguiu adotando o discurso de “estar comprometido em entregar o melhor em 2021”.

Um jornalista perguntou sobre o revezamento da tocha olímpica. Há rumores de que ele possa ser menor e com menos participantes. Muto não entrou muito em detalhes, mas não descartou nada.

“Estamos olhando para todas as áreas possíveis. É hora de revisarmos o que é essencial para os Jogos. O que são itens que precisamos ter? Acho que podemos chegar a novos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, algo que é único para Tóquio” – falou.

Muto afirmou também que novidades serão anunciadas em breve e que os organizadores estão trabalhando duro para entregar as 43 instalações esportivas em 2021.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Maio de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »