Basquete

Champions League Américas, NBB, elenco, patrocínio. VP de esportes olímpicos fala sobre o futuro do basquete Alvinegro

Alexandre Brito: “Vamos entrar para ganhar e botar nossa estrela no lugar mais alto”

Por Thiago Veras

O projeto do Botafogo é vitorioso no basquete. Em quatro anos foram conquistas importantes desde o título do Cariocão, Liga Ouro, e o principal: a Liga Sul-Americana. As campanhas no Novo Basquete Brasil (NBB) foram subindo de patamar a cada temporada. A atual competição acabou sendo cancelada recentemente em uma medida tomada pela Liga e os clubes em função da pandemia do novo coronavírus. Alexandre Brito, VP de esportes olímpicos do Botafogo, conversou com a reportagem da Super Rádio Tupi. O dirigente acredita em um Botafogo mais forte na próxima temporada.

“O Botafogo tem tudo para fazer uma excelente temporada. A Champions é outro patamar de disputa, um negócio muito grande, mas vamos entrar para ganhar. O nosso símbolo já diz isso. A estrela é sempre no lugar mais alto” afirmou Alexandre, que explicou como fica a situação do elenco após do fim do NBB.

Foto: Twitter/Botafogo

“Os atletas têm contrato até 31 de maio e alguns até junho. Já comunicamos que todos eles serão liberados. O Botafogo já está vendo a questão de fazer ofertas para a renovação dos atletas que o clube quer ter no plantel na temporada 2020/21. Não temos nada de oficial ainda. As contratações só acontecem um mês e meio antes de começar a competição” comentou.

Sequência do projeto

Internamente, o basquete já gerou muitas divergências na diretoria entre se fazer ou não um investimento na modalidade com o atual momento financeiro do clube. Alexandre Brito afirmou que o projeto vai seguir. Segundo ele, o Glorioso tem um patrocinador específico para o esporte. A renovação de contrato com a TIM está praticamente sacramentada.

“O Botafogo já tem o patrocínio confirmado e vai fazer o basquete para ganhar mais títulos como foi na última temporada. A TIM nos patrocina desde o nosso segundo ano no NBB. Já mostrou o interesse em continuar e mandou correspondência pra gente. Só estamos esperando a data oficial e a renovação do projeto para poder dar continuidade, até mesmo porque pelo governo todos os incentivos estão temporariamente bloqueados. Não estão sendo assinados novos patrocínios por ICMS ou qualquer lei de incentivo nesse momento de pandemia. Com certeza isso vai se reverter e voltar ao normal. A TIM está vindo junto com a gente. Ganhamos uma visibilidade muito legal no mercado. Tem espaço também para outras empresas que queiram ajudar a gente. A marca do Botafogo é inegavelmente muito forte. O clube tem investimento direto ou pela lei de incentivo. Existem espaços abertos na camisa, short, ginásio para fazer a propaganda das empresas que queiram nos patrocinar. É totalmente separado do futebol” enfatizou.

Elenco e manutenção do técnico Léo Figueiró

A intenção da diretoria é manter a base da última temporada e buscar reforços pontuais, principalmente para elevar o nível do elenco visando à disputa da Champions League Américas. No entanto, o primeiro passo é a renovação do técnico Léo Figueiró.

“O Léo Figueiró é um cara espetacular. Já mostrou seu trabalho, que não tem nenhum questionamento. O plano do Botafogo é mantê-lo e ter mais reforços. Ele escolher quem vai continuar ou chegar de fora. Isso vai ser uma questão mais do técnico. A ideia principal é dar continuidade ao que está sendo feito. Nossos resultados são excelentes e ninguém pode questionar. Em quatro anos de basquete no Botafogo, em todos os anos a gente teve um avanço e uma conquista. Fomos campeões do Cariocão, da Liga Ouro, no primeiro ano de NBB chegamos à segunda fase, no segundo ano ficamos em quarto lugar e garantimos vaga na Liga Sul-Americana, onde fomos campeões em 2019. Estávamos em oitavo no NBB e iríamos brigar nos playoffs. Abrimos mão no início em função da Liga Sul-Americana. Em janeiro e fevereiro recuperamos posições na classificação. Temos vaga garantida na Champions League. O Botafogo nunca teve a chance de participar. Com muito orgulho a gente dá essa alegria ao torcedor do Botafogo que nos apoiou sempre” respondeu Alexandre.

Confira outros trechos da entrevista

Cancelamento do NBB

“Foi uma decisão dos clubes com a liga. Não teve nada relacionado a patrocínio, todos os patrocinadores estavam ao lado e apoiaram a liga em qualquer decisão que tomasse. Foi uma postura mesmo de respeito à vida humana por tudo que está acontecendo no mundo inteiro. Não tem uma data de término da pandemia e quando poderia ser reiniciado o campeonato. Decisão a meu ver muito acertada da liga e dos clubes. A data normal para a volta é entre setembro e outubro. A liga está estudando todas as possibilidades e acompanhando como vai ficar essa pandemia para realizar o campeonato com toda segurança entre jogadores, comissão técnica e o público”.

Pendência com o elenco

“Nós estamos com uma pendência ainda de uma parte do valor de um patrocinador que é a Ambev. Só dependemos da liberação junto ao governo por essa questão da pandemia. Estamos tentando fazer para quitar todos os salários e ficar tudo em dia”.

Sucesso do projeto

“A gente não imaginava ser campeão da Sul-Americana, mas confiava muito no trabalho que estava sendo feito. Começamos o projeto traçando o que a gente queria alcançar no primeiro ano, que era a Liga Ouro. No primeiro ano do NBB a gente sabia que iria ficar classificado para a edição seguinte. O desafio era passar da primeira fase e conseguimos. No segundo NBB nós montamos um time muito bom, o treinador fez toda a diferença trazendo jogadores de grande nível como Coelho, Arthur, Cauê e todos os outros atletas. Montamos outro time mais forte para o Sul-Americano e sabíamos que a gente tinha condição de ganhar”.

Jamaal

Foto: Vitor Silva/Botafogo

“O Jamaal foi um jogador que Nossa Senhora… Nos jogos lá fora decidiu. No NBB, por exemplo, dos dez maiores lances desse ano, sete foram ou tiveram a participação dele. Estou falando do Jamaal porque ele é o xodó da torcida. Todos os outros também tiveram uma participação que não tem o que falar. Deram o sangue em quadra pelo Botafogo. Espetacular! Muito orgulho de ter esses caras com a gente”.

Momento marcante na temporada

“A coisa mais bonita foi um lance. Durante o jogo final da Liga Sul-Americana o Botafogo estava ganhando de um ponto e o Corinthians fez uma cesta de três. Faltava pouco tempo para o jogo acabar e isso inflamou o ginásio deles. No lance seguinte o Du Sommer matou uma bola de três também. Passamos a frente novamente e isso foi uma explosão no time, a força que o Botafogo necessitava para mostrar que iríamos ganhar o título. Depois desta cesta a equipe não ficou mais atrás no placar. Eu e o Gláucio, Vice-presidente e diretor de esportes olímpicos, só tentamos dar condições para esses caras jogarem. Os responsáveis por tudo são a comissão técnica e os jogadores. O reconhecimento depois na imprensa não tem palavras. A nossa torcida no Oscar Zelaya é indescritível, arrepia!”

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Junho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Alexandre Ferreira
« Programa Anterior
02:00 - Na Companhia Do Garcia
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »