Campeonato Brasileiro

Com erros defensivos, Vasco perde para o Remo e desperdiça chance de entrar no G-4 da Série B do Brasileirão

Cruzmaltino cai para sétimo lugar, com 28 pontos, a apenas dois do grupo de acesso

Por Bruno Gentile

Vasco perde por 2 a 1 para o Remo pela Série B
(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Mais longe do G-4! Em atuação com muitos erros defensivos, que contribuíram na construção do placar, o Vasco perdeu por 2 a 1 para o Remo, 12° colocado na tabela de classificação, nesta sexta-feira (13), no Estádio Baenão, no Pará, pela 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, e deixou escapar a possibilidade de entrar no grupo de acesso à elite do futebol da competição – em caso de vitória, alcançaria a terceira posição. Renan Gorne e Romércio fizeram a favor dos mandantes e Sarrafiore descontou. Com o resultado, os comandados de Lisca caem para o sétimo lugar, com 28 pontos, a dois do Náutico, em quarto.

O primeiro tempo começou com grande domínio cruzmaltino, que até chegou a assustar os paraenses, aos 11 minutos. Léo Jabá fez boa trama individual, encarou a marcação e chutou de dentro da área. O arremate, no entanto, acabou saindo forte demais e indo por cima do travessão. Mas, aos 14, quando parecia que os cariocas estavam mais perto de abrir a contagem, foram os donos da casa que inauguraram o marcador, com Renan Gorne, em tremenda falha do sistema defensivo. Matheus Oliveira buscou Erick Flores, ex-Flamengo, pela faixa direita. O atacante cruzou para o camisa 9, que apareceu livre, entre três zagueiros, e mandou de cabeça. A bola tocou na trave e entrou, sem chances para Vanderlei.

Na sequência, o Gigante da Colina, melhor na partida, respondeu e foi atrás do prejuízo. Cano recebeu e arriscou forte de longa distância, com a conclusão passando bem próximo à meta defendida por Vinícius. Só que a reação do equipe de São Januário parou por aí e, em seguida, o Vasco voltou a tomar um gol por jogada aérea, desta vez, em escanteio. Aos 26, na cobrança de Matheus Oliveira, Romércio subiu mais que todo mundo e testou firme para o chão, nas costas de Léo Jabá. Mesmo com o quiqui, Vanderlei conseguiu resvelar, porém, não conseguiu evitar o tento dos mandantes.

Com certa criatividade na frente e muitos erros na zaga, os comandados de Lisca não desistiram e foram para cima. A rápida pressão funcionou e o Remo, apesar de ampliar o resultado para 2 a 0, mal teve tempo de comemorar. Isso porque, aos 31, Sarrafiore diminuiu a vantagem paraense no Baenão. Léo Jabá aparou bom lançamento de Zeca na direita da área, ganhou do adversário e ajeitou em direção à meia-lua. O argentino chegou batendo rasteiro, sem hesitar, no canto esquerdo do goleiro e descontar, dando confiança ao time e recolocando os cariocas no jogo.

Daí em diante, os donos da casa acordaram com a eventual chance de sofrer o empate e fizeram uma verdadeira blitz sobre o Gigante da Colina, suportada graças às intervenções de Vanderlei. Dos 34 aos 37, o arqueiro realizou grandes defesas: a primeira em chute perigoso de Erick Flores, tirando com o pé; a segunda, ao contar com a sorte de a bola explodir na trave, em cabeçada de Romércio, e espalmar, logo depois, para longe do gol; e a terceira, quando novamente se pôs no caminho de um arremate de Erick Flores.

Na volta do intervalo, a partida passou a ficar mais equilibrada em relação à etapa inicial e ambas as equipes começaram a atacar, cada uma com seus objetivos. E quem assustou primeiro foi o Remo, aos 10. Com ótima visão, Erick Flores achou Victor Andrade, que ajeitou no peito para Arthur concluir direto no sentido da linha de fundo, sem pontaria. Na sequência, o Cruzmaltino também não deixou barato e armou boa trama: Ernando aproveitou cruzamento de Sarrafiore e, de cabeça, mandou bem perto da baliza de Vinícius.

A essa altura do confronto, o Vasco já equiparava as principais ações e impunha certo domínio e controle de posse, obrigando os mandantes a se preocupar bastante com os espaços no setor de marcação. Entretanto, Vanderlei, que teve bela atuação nos 45 minutos anteriores, acabou jogando um balde de água fria na esperanças vascaínas de virar o placar. Aos 21, o número 1, no intuito de atrapalhar jogada promissora do paraenses, saiu da área e colocou a mão na bola. Por conta disso, o árbitro decidiu expulsá-lo de campo e, consequentemente, deixar os comandados de Lisca com um a menos no duelo.

A vantagem numérica dos donos da casa, entretanto, não se converteu em gol e o jogo tornou-se bastante truncado, com o time local preocupado basicamente em evitar o empate, e os visitantes, desorganizados taticamente e na base da vontade, procurando igualar tudo no Baenão. O Remo até chegou, aos 32, a tentar ampliar o marcador no Pará, quando Lucas Tocantis grande lance individual pelo lado esquerdo, avançou e arrematou no cantinho para Halls, substituindo Vanderlei, executar a intervenção e encaixar com tranquilidade. Depois, a contagem não se alterou e o Gigante da Colina saiu derrotado pela quarta vez sob o comando de Lisca.

Agora, apesar do resultado negativo e da possibilidade de ser ultrapassado na tabela de classificação – Operário-PR, Avaí e Botafogo, se ganharem seus confrontos, poderão passar o Cruzmaltino -, o Vasco terá quase cinco dias de preparação para o duelo diante do Londrina, na quarta-feira (18), às 21h30, em São Januário, pela 19ª e última rodada do turno da Série B do Campeonato Brasileiro. Suspensos pelo terceiro cartão amarelo nesta sexta, Léo Matos e Marquinhos Gabriel retornam à equipe e ficam à disposição. Já Leandro Castan, com lesão na coxa direita, segue fora de combate.

 

 

 

Últimos vídeos do Vascão


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »