Copa Sul-Americana

Com pênalti perdido por Fred, Fluminense não sai do zero com Unión Santa Fé e se complica na Copa Sul-Americana

Tricolor volta a ter péssima atuação ofensiva e recebe vaias da torcida, no Maracanã

Por Bruno Gentile

Fluminense e Unión Santa Fé duelam pela terceira rodada do Grupo H da Copa Sul-Americana
(Foto: Mailson Santana/Fluminense)

Noite para esquecer! Em nova partida ruim, com grande desorganização coletiva e problemas na criação, o Fluminense voltou a ter desempenho que desagradou à torcida, nesta terça-feira (26), no Maracanã, e ficou somente no 0 a 0 com o Unión Santa Fé, da Argentina, pela terceira rodada do Grupo H da Copa Sul-Americana. Entrando depois do intervalo, a fim de dar maior volume no ataque, Fred teve a possibilidade dar o triunfo ao clube das Laranjeiras, porém perdeu pênalti, já nos acréscimos, e frustrou as esperanças da torcida, revoltada com as recentes atuações e falta de resultados positivos. Agora, os comandados do técnico Abel Braga, pressionado no cargo, desperdiçam a chance de alcançar a liderança provisória da chave, permanecem com quatro pontos, em terceiro lugar, e podem ver o Junior Barranquilla se isolar no topo, na quinta (28), se vencer o Oriente Petrolero, na Bolívia.

O primeiro tempo do Tricolor se mostrou da mesma forma como nos últimos jogos: um time com bom controle de posse, mas com enorme dificuldade na criatividade e no repertório para construir jogadas ofensivas. Das três finalizações dadas pelos donos da casa na etapa, a melhor delas aconteceu logo nos segundos iniciais, quando Marlon recebeu lançamento pela faixa esquerda, avançou, tirou do goleiro e arriscou, mandando muito perto da meta argentina. Pelo lados dos visitantes, a única oportunidade, de fato, ocorreu aos 26, em lance de bobeada de David Braz. Em contra-golpe de velocidade, o zagueiro cortou errado, a bola acabou sendo enfiada à frente e Jonatan Álvez chegou completamente livre, cara a cara com Fabio. Só que a conclusão saiu para fora, para alívio dos torcedores presentes nas arquibancadas. No mais, os estrangeiros seguiram fechados atrás e continuaram impedindo as chegadas dos cariocas, que praticamente não produziram e saíram sob vaias.

Na volta do intervalo, quem retornou bem foi o Unión Santa Fé, armando, de imediato, chances claras de gol. Aos 2, após cobrança de escanteio dentro da área, Luna Diale tentou o desvio, porém, a defesa afastou direto em direção à linha de fundo. Na sequência, em nova alçada no tumulto, Calderón subiu no terceiro andar e, de cabeça, obrigou Fabio a espalmar de modo sensacional a fim de evitar o 1 a 0, no Maracanã. Em seguida, a equipe da Argentina conseguiu balançar a rede, no entanto, o lance não valeu. Isso porque Jonathan Álvez, em posição de impedimento, aproveitou rebote de chute de Diego Polenta, marcou e viu o juiz, com ajuda do bandeirinha, assinalar a irregularidade. A partir daí, apesar das substituições feitas pelo técnico Abel Braga, o Fluminense permaneceu com problemas na criação e deu indícios de que não sairia do zero. Nos acréscimos, o árbitro ainda viu mão de Juárez em disputa com Fred no alto e apontou para a marca da cal. Na batida, Fred desperdiçou e Mele, em lindo inpulso, defendeu a penalidade, decretando o 0 a 0. Ao som do apito final, grupo vaiado no Rio de Janeiro e gritos de ‘sem vergonha’ foram entoados em grande volume.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Maio de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
10:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Botequim do Mister
06:00 - Fala Garotinho
08:00 - Programa Roberto Canazio
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »