Botafogo

Comitê de futebol do Botafogo explica situação que envolve o atacante Pedro Raul

Clube tem que pagar 1,5 milhão de euros por 70% dos direitos econômicos do jogador

Por Thiago Veras

Foto: Vitor Silva / Botafogo

O Botafogo terá que pagar € 1,5 milhão (cerca de R$ 9,6 milhões) ao atacante Pedro Raul, em três parcelas, a partir do meio de 2021. A informação foi divulgada inicialmente pelo jornalista Thiago Franklin.

A reportagem do site Tupi.fm ouviu um membro do comitê de futebol sobre o caso. Segundo ele, o Botafogo adquiriu sem custos (porque não tinha dinheiro na época da negociação) 70% dos direitos do atleta (que pertenciam ao jogador), com opção de compra diluída no contrato caso o atacante performasse na temporada atingindo a marca de 60% dos jogos como titular.

Como Pedro Raul bateu a meta o Botafogo para ter os 70% dos direitos teria que pagar 3 parcelas de 500 mil euros ao jogador nas datas previstas: 30/06/21, 30/01/22 e 30/06/22. O contrato de Pedro Raul vai até o dia 31 de dezembro de 2021 com possibilidade de renovação até o fim de 2023.

Em março de 2020, o Grêmio fez uma proposta de R$ 10 milhões pela compra de 50% dos direitos econômicos. Caso aceitasse o clube ficaria com apenas 20% do jogador. Hoje, o Botafogo tem a opção de vender ou pagar para ficar com os 70% dos direitos do atleta. O Vitória de Guimarães-POR é dono dos outros 30% dos direitos do atleta. Pedro Raul é o artilheiro do Botafogo na temporada com 13 gols.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
01 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »