Conecte-se conosco

Botafogo

Diego Loureiro alega mudanças contratuais e não vai defender o Guarani

Clube paulista também se posicionou sobre o fracasso da transferência

Publicado

em

Diego Loureiro em ação durante treino do Botafogo
Diego Loureiro perdeu espaço no elenco do Botafogo (Foto: Vitor Silva / Botafogo)

O goleiro Diego Loureiro, que havia sido oficializado pelo Guarani nos últimos dias, não vestirá a camisa do clube paulista. Em nota, o jogador que tem seus direitos econômicos ligados ao Botafogo alegou que o Guarani modificou diversos termos contratuais, como tempo de vínculo e forma de pagamento e que esses fatores, impossibilitaram a transferência.

Por outro lado, o Guarani afirma que um agente de Diego Loureiro comunicou que o jogador não iria permanecer no clube, pois estaria a caminho do futebol português. Na nota publicada pelo time campineiro, consta a informação de que Diego teria exigido um acréscimo nos valores acordados e que também quis uma cláusula contratual de liberação após o Campeonato Paulista em caso de rebaixamento da equipe.

Vale destacar que o contrato de Diego Loureiro com o Guarani iria até o fim do Campeonato Paulista da próxima temporada. A princípio, Diego Loureiro retorna ao Botafogo. O jogador, no entanto, pode ser negociado novamente, uma vez que não possui espaço no elenco comandado pelo técnico Luís Castro.

Confira abaixo as notas oficiais:

Nota oficial de Diego Loureiro

“Nota de esclarecimento

Venho por meio desta nota esclarecer e me posicionar mediante a minha não permanência no Guarani após a divulgação, por parte do clube, sobre a minha contratação.

Sou um atleta muito comprometido com tudo aquilo que me disponho a fazer, quando recebi a proposta do Bugre não cheguei a pensar sequer em não aceitar, é um grande celeiro de craques, com uma torcida maravilhosa e que merece sair da situação que está.

Sabedor da intenção do clube em contar com meu serviço, me certifiquei de ter informações seguras sobre o que vem acontecendo no clube, sobre a estrutura e sobre o planejamento do mesmo para a Série B.

Ouvi muitas coisas boas, entretanto algumas dessas coisas já me decepcionaram antes mesmo de entrar em campo: os termos acordados antes de minha viagem a Campinas mudaram totalmente quando cheguei à sede do clube.

Tempo de contrato, formato de pagamento e até mesmo a forma como as remunerações seriam feitas, foram modificadas.

Mediante a tudo isso, busquei resolver tudo da melhor maneira possível, tentei ajustar os termos, movimentei todo meu staff e minha família, mas sequer tive retorno.

Lamento, porque estava com muita vontade de jogar no Brinco e ajudar o Guarani sair dessa situação.

Agradeço todo carinho que recebi neste pequeno tempo pelas redes sociais e torço para que as coisas melhorem.

Obrigado,

Diego Loureiro.

Nota oficial do Guarani

“O Guarani informa que o goleiro Diego Loureiro não fará parte do elenco bugrino na sequência da temporada e esclarece a situação envolvendo o atleta.

A negociação entre Guarani e Botafogo foi conduzida através dos responsáveis pelo departamento de futebol dos dois clubes: Rodrigo Pastana e André Mazzuco, como acontece em tais situações. Porém o clube se deparou com três ‘surpresas’ negativas após o acerto.

1) Houve a indicação de dois agentes de diferentes empresas para tratar da questão salarial e um deles (Miguel Pinho, proprietário de uma Agência de Representação de Atletas Portugueses) alegou, APÓS o acerto, que o atleta não deveria se apresentar em Campinas, pois o mesmo o conduziria ao futebol português, através de uma proposta que nunca chegou. Este mesmo representante proibiu o atleta de participar do treinamento no último sábado e foi quem avisou, neste domingo, que não haveria mais acerto e que o atleta já havia retornado ao Rio de Janeiro.

2) O atleta demonstrou insatisfação em receber os mesmos valores que recebia no último clube. Magoado com a posição da ex-equipe em emprestá-lo e, após a contratação de um novo goleiro por parte do clube de origem, o atleta exigiu um acréscimo nos valores acordados para assinar o contrato de empréstimo.

3) O atleta exigiu uma cláusula contratual de liberação após o Campeonato Paulista em caso de rebaixamento do Guarani.

O Guarani Futebol Clube é uma instituição tradicional, respeitada no futebol brasileiro e que tem zelado por cumprir todos os seus acordos. Não ficaremos reféns de profissionais que não querem ou, no caminho, percebem que não são capazes de vencer tal luta.

Também lastimamos que tais fatos sejam corriqueiros e consequência da falta de conduta profissional por parte de alguns atletas e agentes.

Por fim, agradecemos o empenho do Botafogo e sua Direção, que não tiveram qualquer responsabilidade nesse episódio, e estiveram à disposição para resolver a situação.”

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade
Publicidade

Em alta

Candidatos ao governo do Rio Candidatos ao governo do Rio
Capital Fluminense3 horas atrás

Candidatos ao governo do Rio encerram debate com pedidos, ataques e promessas

O debate entre os candidatos ao governo do Rio, realizado nesta terça-feira (27) pela TV Globo, foi marcado por confrontos...

Botafogo3 horas atrás

CBF divulga o restante da Tabela da Série A

O Departamento de Competições da CBF publicou na noite de terça feira (27/09), o restante da Tabela da Série A...

Paolla e Diogo Nogueira. (Foto: Reprodução) Paolla e Diogo Nogueira. (Foto: Reprodução)
Celebridades4 horas atrás

Paolla Oliveira desmente boato de término

A atriz Paolla Oliveira rebateu os boatos de que não estaria mais junto com o cantor Diogo Nogueira. Nesta terça-feira...

Esportes5 horas atrás

Yuri garante Vasco focado na vitória diante do Londrina

O Vasco da Gama conta as horas para pegar o Londrina na próxima quinta feira em São Januário (29/09), às...

Capital Fluminense5 horas atrás

Prefeitura do Rio realiza feira de trabalho para pessoas com deficiência

A Prefeitura do Rio, por meio das secretarias municipais de Trabalho e Renda e da Pessoa com Deficiência, realiza nesta...

UPA Campo Grande 1 UPA Campo Grande 1
Capital Fluminense6 horas atrás

Médico agride socorrista do SAMU e enfermeira, após se recusar a atender paciente em UPA na Zona Oeste do Rio

Caso aconteceu nesta terça-feira (27) em Campo Grande. Polícia Civil e Fundação Saúde já abriram investigação para apurar os fatos

Cieps inauguram salas tecnológicas para produção audiovisual Cieps inauguram salas tecnológicas para produção audiovisual
Educação6 horas atrás

Cachoeiras de Macacu e Magé ganham Escolas de Tecnologias

A Secretaria de Estado de Educação segue entregando Escolas de Novas Tecnologias e Oportunidades (E>Tecs) nos quatro cantos do Estado...

Lamsa Lamsa
Capital Fluminense6 horas atrás

Prefeitura abre processo para anular concessão da Linha Amarela

A Prefeitura do Rio iniciou, hoje, processo administrativo com o objetivo de apurar a nulidade do contrato de concessão da...

Laura Carneiro Laura Carneiro
Capital Fluminense7 horas atrás

Candidata a deputada federal é levada às pressas para hospital no Rio

A candidata a deputada federal pelo PSD Laura Carneiro, de 59 anos, precisou ser levada da Câmara do Rio para...

Esportes8 horas atrás

Beto, ex-Fla, celebra primeira relação do filho Pedrinho como profissional: ‘Sensação única’

Atacante é um dos onze jogadores oriundos da base relacionados para duelo com o Fortaleza

Publicidade