Destaques

Em noite brilhante de Raphinha e Neymar, Brasil goleia o Uruguai em Manaus pelas Eliminatórias da Copa do Mundo

Seleção de Tite pode garantir a vaga oficialmente no Mundial já na próxima rodada

Por Bruno Gentile

Brasil goleia o Uruguai por 4 a 1 pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, com show de Raphinha e Neymar
(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Atuação de gala! Em jogo com intenso desempenho ofensivo e solidez na defesa, o Brasil confirmou o favoritismo em Manaus, goleou o Uruguai por 4 a 1, nesta quinta-feira (14), na Arena da Amazônia, pela 12ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, no Catar, e está a mais um passo de se garantir matematicamente no Mundial do ano que vem, a ser realizado em novembro. A vaga pode ser assegurada de forma oficial já no próximo compromisso, diante da Colômbia, no dia 11/11. Neymar, Raphinha (duas vezes) e Gabigol fizeram a favor dos mandantes. Luis Suárez, de falta, fez o de honra pelos visitantes.

O primeiro tempo foi marcado por uma ótima atuação da Canarinha, que teve maior posse de bola, nove finalizações – sendo seis no alvo – e amplo domínio das principais ações e jogadas. Neymar, Fred, Lucas Paquetá e Raphinha destacaram-se pelas individualidades e foram os grandes jogadores dos donos da casa. O time do técnico Tite começou avassalador e sem dar praticamente nenhum espaço para a Celeste. E o camisa 10 do PSG demonstrou, desde os instantes iniciais, que estava em um bom dia, já que foi dele o gol responsável por abrir o placar, aos 9 minutos. Fred aparou pelo meio e deu bonito passe por cima dentro da área pela faixa direita. O craque ajeitou de peito, tirou de Muslera e concluiu sem ângulo, mas com categoria.

Aos 17, a Seleção Brasileira traduziu a superioridade em números e tratou logo de ampliar a vantagem na Arena da Amazônia. Pela lateral esquerda, Paquetá fez linda jogada na esquerda e cruzou rasteiro, na medida, para Neymar próximo ao círculo da cal. O ex-Santos e Barcelona arrematou, a batida desviou em Godín, Muslera tentou afastar, e Raphinha surgiu pela direita, tendo apenas o trabalho de empurrar à baliza vazia, em Manaus. Na sequência, até o fim da etapa, o Brasil ainda poderia ter feito o terceiro, aos 33, quando Gabriel Jesus saiu cara a cara com o goleiro, porém, por demorar demais para definir, acabou sendo desarmado.

Na volta do intervalo, a Amarelinha retornou da mesma forma e altamente ofensiva, buscando atacar cada vez mais. E depois de algumas tentativas de finalizações, vindas, especialmente, dos pés de Gabriel Jesus e Fred, Raphinha  conseguiu balançar a rede novamente, aos 12: Neymar recebeu e deu tapa de primeira para o meio, para o atleta do Leeds, em velocidade, botar na frente e soltar a bomba de canhota, vencendo Muslera e contando com um toque na trave. Antes do tento, Cavani havia descontado o placar, só que foi flagrado em posição irregular e o VAR confirmou o impedimento do centroavante.

O time de Tite continuou pressionando e exercendo uma verdadeira blitz na Arena da Amazônia. Entretanto, quem chegou ao gol, logo em seguida, foi o Uruguai, aos 31. Em cobrança de falta perto da meia-lua, Luis Suárez pegou muito bem, com perfeição, e acertou no canto esquerdo de Ederson, que nada pôde fazer para evitar. Mas, aos 39, Gabigol, ao entrar no lugar do atacante Gabriel Jesus, tratou de fechar o caixão da Celeste e dar números finais ao confronto. Neymar encontrou o jogador do Flamengo na marca do pênalti, que testou firme e Muslera acabou deixando a bola escapar. O bandeirinha anulou o lance, porém, o árbitro de vídeo validou-o na sequência.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Dezembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »