Conecte-se conosco

Esportes

‘Esperávamos mais medalhas’: CBV faz balanço dos Jogos de Tóquio e projeta melhorias no novo ciclo

Brasil conquistou apenas uma medalha em todas as categorias envolvendo o vôlei

Publicado

em

Adriana Behar, CEO da CBF, projeta melhorias visando novo ciclo olímpico
Foto: Saulo Cruz/COB
Adriana Behar, CEO da CBF, projeta melhorias visando novo ciclo olímpico

Foto: Saulo Cruz/COB

Diante do fracasso do vôlei brasileiro nos Jogos de Tóquio, a Confederação Brasileira da modalidade (CBV) divulgou, nesta terça-feira (17), que, de fato, esperava um número maior de medalhas no evento. A única conquistada se deu no vôlei (de quadra) feminino, onde as meninas ficaram com a prata ao perder por 3 sets a 0 para os Estados Unidos na final.

“Os resultados do Brasil nos Jogos Olímpicos foram bons. O do voleibol, não, com exceção da seleção feminina de quadra, que obteve um excelente 2º lugar, melhorando, em muito, o resultado no Rio. Temos que enfrentar a realidade e usar informação de qualidade para fazer um diagnóstico e mudar o jogo rápido para o próximo ciclo olímpico. A nossa expectativa vinha baseada nos resultados anteriores, que estavam, de fato, sendo muito bons. Chegamos com algumas duplas de praia entre as primeiras do ranking, nossas duplas femininas disputaram a final do Major de Gstaad, último torneio antes das Olimpíadas, e as seleções de quadra vindo de um título e um segundo lugar na Liga das Nações. É claro que esperávamos por mais medalhas, mas é do esporte” – disse Adriana Behar, CEO da CBF e duas vezes campeã olímpica no vôlei de praia.

Na Rio 2016, o Brasil conquistou três medalhas no vôlei: foi campeão na quadra com a equipe masculina, foi ouro também na praia com Alison e Bruno Schmidt e prata na praia com Ágatha e Bárbara Seixas. Em Tóquio, além da prata da seleção feminina de quadra, o Brasil foi quarto colocado no torneio masculino de quadra e pela primeira vez não chegou às semifinais em nenhuma disputa na praia.

Apesar do resultado abaixo do esperado, o vôlei ainda é a modalidade que mais levou o Brasil ao pódio das Olimpíadas, empatado com o judô. São 24 medalhas conquistadas, sendo 13 na praia e 11 na quadra.

“Temos um novo ciclo pela frente, dessa vez mais curto, onde temos de buscar um planejamento bem rebuscado. Estamos fazendo uma análise sobre o que pode ser melhorado e trazendo pessoas experientes para nos ajudar nesse trabalho para o futuro” – destacou a CEO.

Muitos atletas brasileiros da modalidade chegaram a citar a falta de investimentos e a necessidade de se olhar com mais “carinho” para o futuro do esporte no país.

“Na parte técnica, a Criação de Grupos de Trabalho, com atletas e/ou técnicos vitoriosos, para que possam dar sugestões e participar do planejamento, buscando um maior desenvolvimento da base e do vôlei brasileiro” – continuou.

“Ter como missão da CBV, para o próximo ciclo olímpico, ser um prestador de serviços de alta qualidade para que o ecossistema do voleibol brasileiro floresça como referência nacional e internacional não só em termos de resultados esportivos, mas, também, governança, inserção social, desenvolvimento e geração de negócios” – disse a dirigente, além de outras metas para que o esporte possa ser melhor difundido no Brasil.

Continue lendo
Publicidade

Em alta

Philippe Coutinho chega ao Rio (Foto: Gabriela Marino/Super Rádio Tupi) Philippe Coutinho chega ao Rio (Foto: Gabriela Marino/Super Rádio Tupi)
Esportes15 minutos atrás

Philippe Coutinho ouve proposta de contrato do Vasco; veja detalhes

O meia Philippe Coutinho reuniu-se neste sábado (25) com a diretoria do Vasco para discutir os termos de um possível...

Padre Alexandre Paciolli Padre Alexandre Paciolli
Rio17 minutos atrás

Padre Alexandre Paciolli recebe nova denúncia por importunação sexual

O Ministério Público do Rio denunciou o padre Alexandre Paciolli pelo crime de importunação sexual contra uma mulher, em Itaperuna,...

Al Ahly Al Ahly
Esportes30 minutos atrás

Al Ahly, do Egito, vence Espérance, da Tunísia, e fatura bicampeonato da Liga dos Campeões da África

Equipe se isola como maior vencedora da competição, somando 12 conquistas do torneio

André projeta guerra contra o Corinthians André projeta guerra contra o Corinthians
Esportes34 minutos atrás

Departamento médico do Fluminense ainda está cheio

Fluminense segue com vários jogadores em recuperação médica

Fachada do Hospital Adão Pereira Nunns Fachada do Hospital Adão Pereira Nunns
Baixada Fluminense1 hora atrás

Criança atingida por bala perdida durante operação da PM em Caxias recebe alta

A menina de aproximadamente 7 anos de idade, baleada durante uma operação da Polícia Militar na comunidade da Mangueirinha, em...

Esportes2 horas atrás

Na despedida de ídolo no Santiago Bernabéu, Real Madrid empata com Betis

Tony Kross e Santiago Bernabéu não terão a mesma relação a partir deste sábado (25). A partida entre Real Madrid...

Baixada Fluminense2 horas atrás

Morre morador de rua atingido em ataque a tiros em Duque de Caxias

O morador de rua que foi atingido no ataque a tiros próximo ao Cemitério de Duque de Caxias morreu, na...

João Pedro e Estrella (Foto: Divulgação/Vasco) João Pedro e Estrella (Foto: Divulgação/Vasco)
Esportes2 horas atrás

Meias da base do Vasco podem ganhar oportunidades com novo técnico

Dois jovens oriundos das categorias de base vivem momentos de esperança no sentido de ganhar oportunidades no Vasco. Os meias...

Rio2 horas atrás

Rio inicia campanha contra poliomielite para crianças de 1 a 4 anos

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio inicia nesta segunda-feira (27) a campanha de vacinação contra a poliomielite para crianças...

Avenida Brasil Avenida Brasil
Capital Fluminense2 horas atrás

Perseguição termina com suspeito baleado e pânico na Avenida Brasil

Uma perseguição policial assustou motoristas que passavam pela Avenida Brasil, na altura de Realengo, na tarde deste sábado (25). Segundo...

Publicidade
Publicidade