Esportes

Fernando Diniz: “Tenho convicção de que o time vai sair dessa situação”

Treinador afirmou que o Fluminense vem jogando bem nos últimos jogos

Por Redação Tupi

Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

O técnico Fernando Diniz concedeu entrevista coletiva e analisou a derrota do Fluminense para o Atlético Mineiro por 2 a 1 na noite deste sábado na Arena Independência, em Belo Horizonte. O comandante tricolor destacou que a equipe foi bem superior ao adversário nos primeiros 30 minutos de jogo, mas lamentou as oportunidades perdidas durante esse período.

“A gente jogou no campo do Atlético 30 minutos no primeiro tempo, fomos soberanos e tivemos muitas chances pra marcar os gols, mas infelizmente não conseguimos. Após esse período passou a ser um jogo de transição rápida, eles equilibraram e terminaram o primeiro tempo melhor que a gente e fizeram o segundo gol logo no início do segundo tempo. Pecado do time foi não ter feito os gols quando a gente estava melhor no jogo”, lamentou.

O Fluminense ocupa a décima sexta colocação do Campeonato Brasileiro e pode entrar na zona de rebaixamento caso o Cruzeiro derrote o Avaí no próximo domingo. Ciente da posição incômoda na tabela, Diniz afirmou ter convicção de que o time irá se recuperar no Campeonato e afirmou que o desempenho da equipe nas últimas partidas tem sido bom, apesar dos resultados ruins.

“Eu acredito muito que a gente vai sair dessa situação por saber que o time tem consistência e joga bem. A gente não vai tirar o time da zona de rebaixamento jogando mal. Na minha cabeça eu tenho convicção que o time vai sair dessa situação, o que eu posso fazer é aumentar as chances do time ganhar. Temos que continuar no trabalho, o time não está oscilando no desempenho. “, destacou.

 

Comentários
enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »