Esportes

Fifa adia escolha da sede da Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2023

Brasil enfrenta a concorrência de três candidaturas que também desejam receber a próxima edição da maior competição da categoria

Por Redação Tupi

Inicialmente prevista para ser realizada na Etiópia, a escolha da sede que receberá a Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2023 será feita de forma virtual no dia 25 de junho. A mudança forçada foi feita por conta da pandemia do novo coronavírus.

O Brasil está entre os países que desejam receber a maior competição da categoria em 2023. O país enfrenta a concorrência da Colômbia, do Japão, além da candidatura conjunta de Austrália e Nova Zelândia. 32 seleções participarão da próxima Copa do Mundo. A última edição, realizada na França, em 2019, contou com a presença de 24 países.

Caso o Brasil receba a próxima edição da Copa do Mundo de Futebol Feminino, o Maracanã será o palco da grande final do torneio.

Confira os oito estádios que estão na proposta de candidatura do Brasil:

Belo Horizonte (Mineirão), Brasília (Mané Garrincha), Manaus (Arena da Amazônia), Porto Alegre (Beira-Rio), Recife (Arena de Pernambuco), Rio de Janeiro (Maracanã), Salvador (Arena Fonte Nova) e São Paulo (Arena Corinthians).

 

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »