Esportes

Gabigol elogia Jorge Jesus e diz “onde ele for, iremos atrás”

Atacante ressaltou que o elenco está feliz com o treinador

Por Bruno Almeida

(Foto: Reprodução/Alexandre Vidal/Flamengo)

O Flamengo venceu o Athletico por 3 a 0 e conquistou a Supercopa do Brasil, neste domingo. Este foi o terceiro título de Jorge Jesus desde que chegou no rubro-negro. Autor do segundo gol da partida, Gabigol elogiou o treinador e destacou que o time está feliz com o técnico.

– Vou puxar saco não! Vou falar a verdade. É em praticamente tudo. Não adianta ter dinheiro e jogadores qualificados se você não souber potencializá-los. Isso acontece bastante lá fora, de times com grandes jogadores e não conseguirem títulos. O Mister tem feito um trabalho especial, maravilhoso como há tempos não se via no Brasil. Vocês não têm tanta ideia porque não compartilham dentro, com palestras, vídeos. Estamos felizes de tê-lo aqui. Todos os jogadores que chegam acabam melhorando. E também tem o ser humano que ele é. Temos um líder e onde ele for, iremos atrás.

Durante a partida, Gabigol atuou muito pelo lado direito. Foi de lá que deu a assistência para o primeiro gol do jogo, de Bruno Henrique. O atacante disse que, apesar do treinador preferir quando ele está posicionado próximo do gol, Jesus dá liberdade para se movimentar pelo campo.

– Tenho essa mobilidade de cair pelo lado direito. Ele gosta, mas prefere que eu fique perto do gol. No campo comecei a ver o espaço e fiz as trocas com o Everton.

Com o gol da partida, Gabigol chegou a 47 com a camisa do Flamengo. Assim, ele ultrapassou Adriano Imperador na artilharia do clube. Gabriel disse estar feliz de ter batido a marca e afirmou que quer passar outros ídolos no quesito.

– Muito feliz por passar o Adriano e outros jogadores com tão pouco tempo. Obviamente, não faço os gols sozinho. Meus companheiros e o Mister me dão dicas de posicionamento que fazem meu potencial aumentar. Divido com minha família também. Espero poder passar mais alguns, com todo respeito.

Artilheiro da temporada de 2019 no Brasil, Gabigol disse que o objetivo é contribuir com o coletivo, para ajudar o Flamengo a conquistar mais títulos.

– Apesar de ter 23 anos, já fui artilheiro duas vezes do Brasileirão, também da Copa do Brasil e da Libertadores. Obviamente que isso é bom para o jogador e engrandece as marcas. Mas desde que cheguei ao Flamengo sempre disse que as minhas metas são coletivas. Claro que as individuais vão acontecendo, mas não penso nesse foco, já que já conquistei a maioria. O que quero mesmo é ser campeão com meus companheiros e com essa nação. Já conquistei algum e quero conquistar mais.

Mais uma vez, a parceria de Gabigol com Bruno Henrique deu certo. O camisa 9, destacou que, além do entrosamento da época de Santos, a comissão técnica e os companheiros são fundamentais para a boa fase da dupla.

– Eu e Bruno temos um entrosamento desde o Santos. Foi potencializado pelo Mister. Ainda tomamos algumas duras, sabemos que podemos e devemos melhorar com o passar dos jogos. Tem um trabalho perfeito da comissão técnica, com números e estatísticas, que mostram que temos que nos procurar mais no campo. Mas jogar com Arrascaeta e Everton Ribeiro ajuda bastante.

Gabigol está suspenso da partida de ida da Recopa Sul-Americana e, com isso, não enfrenta o Independente Del Valle nesta quarta-feira (19/02), no Equador, devido a expulsão na final da Libertadores do ano passado. O jogador não vai viajar com os demais atletas para Quito e irá retornar ao Rio de Janeiro. A próxima partida do atacante deve ser no sábado (22/02), às 18h, no Maracanã, pela final da Taça Guanabara.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
31 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Alexandre Ferreira
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
03:00 - Show do Mário Belisário
11:00 - Programa Francisco Barbosa
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
08:00 - Programa Roberto Canazio
06:00 - Fala Garotinho
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »