Conecte-se conosco

Campeonato Brasileiro

Fluminense desencanta no Campeonato Brasileiro e vence o Vasco no Maracanã

Tricolor também quebra o tabu de não vencer clássicos há mais de um ano

Publicado

em

Foto: Lucas Merçon/Fluminense

O Fluminense enfim conseguiu sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Em cima do Vasco, o tricolor soube aproveitar as oportunidades e venceu o clássico por 2 a 1, com gols de Ganso e Martinelli. Vegetti descontou para o Vasco.

Primeiro Tempo

O início do jogo foi de muita intensidade. Até os dez minutos já tinha acontecido de tudo no duelo: chance para os dois lados, cartão amarelo e gol que abriu o placar.

Logo aos 4′, em bola rasteira cruzada na área do Fluminense, Matheus Cocão bateu e Fábio fez uma bela defesa para evitar o gol do Vasco. Aos 6′, uma falta dura de Felipe Melo, que abriu a caixa de ferramentas e tomou o primeiro cartão amarelo da partida. Aos 10′, enfim o primeiro gol: Ganso de cabeça, após cruzamento perfeito de Marcelo, colocou o tricolor na frente.

Os jogadores do Vasco ainda reclamaram um pênalti após chegada de Vegetti, que chutou pro gol e a bola bateu no braço de Manoel, que tentava bloquear. O juiz chegou a ouvir o VAR, que não recomendou ir à tela analisar o lance, gerando ainda mais frustração cruzmaltina.

Ao fim do primeiro tempo já tinham quatro jogadores amarelados: Felipe Melo e Paulo Henrique Ganso para o Fluminense e Paulo Henrique e Galdames para o Vasco.

Segundo Tempo

Na etapa final, o Vasco se reorganizou e criou mais, mas foi surpreendido pelo ataque tricolor. Aos 7′, Martinelli recebeu um cruzamento sozinho na área, dominou e amplicou o placar para o Fluminense. As chegadas cruzmaltinas eram tantas que deram resultado: Vegetti diminuiu aos 10′, de cabeça, após cruzamento de Hugo Moura. O atacante argentino ainda empatou o jogo aos 29′, mas o árbitro anulou por impedimento revisado pelo VAR.

Daí em diante, os times se anularam e não criaram mais tantas oportunidades, a não ser uma chegada do Vasco pela direita em que Clayton saiu na cara do goleiro Fábio, mas chutou para fora.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *