Esportes

Grupo político do Corinthians pede afastamento de Andrés Sanchez na Justiça

Gestão do mandatário é criticada por diversos grupos de oposição dentro do clube

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Em função das diversas dificuldades financeiras e administrativas do Corinthians enfrentadas pelo nos últimos tempos, o grupo “Frente Liberdade Corinthiana” pediu o afastamento imediato do presidente Andrés Sanchez na Justiça. A informação foi veiculada inicialmente pelo site “Globoesporte.com.”

No pedido assinado por 19 pessoas, sendo 13 conselheiros, o grupo de oposição alega que Andrés desrespeitou o estatuto do clube e realizou uma gestão temerária, uma vez que clube contraiu R$ 70 milhões em empréstimo junto a dois bancos sem solicitar aprovação interna em 2019.

O clube encerrou 2019 com uma dívida de R$ 665 milhões e atualmente deve dois meses de salário ao elenco comandado por Tiago Nunes.

O mandato de Andrés Sanchez vai até o fim deste ano e o atual presidente não pode tentar uma reeleição. Caso ocorra impeachment, o Corinthians passará a ser dirigido por Edna Murad Hadlik, primeira vice do clube.

 

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
03 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »