Esportes

Membro da comissão provisória que iria apurar denúncias recentes do Cruzeiro é preso pela PF

Cruzeiro Márcio Antônio Camilozzi é suspeito de retirar e vazar documentos sigilosos da corporação

Por Redação Tupi

O conselheiro do Cruzeiro Márcio Antônio Camilozzi Marra foi preso na manhã desta quarta-feira, em Belo Horizonte. Nomeado na semana passada para fazer parte da comissão provisória que apura as denúncias recentes do clube, ele é suspeito de retirar documentos sigilosos do sistema da Polícia Federal, vazando dados e informações importantes da corporação.

Além dele, outro servidor da PF foi preso e os advogados Carlos Alberto Arges Júnior e Ildeu da Cunha Pereira, conselheiro e ex-superintendente jurídico do clube.

A Polícia Federal investiga os crimes de corrupção ativa e passiva, organização criminosa, obstrução de justiça e violação de sigilo funcional.

O presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro, Zezé Perrella, já afirmou ter tomado conhecimento dos fatos pela manhã e deve se posicionar sobre o assunto ainda nesta quarta-feira.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »