Esportes

Neto dispara contra seguradoras do voo da Chape: “Não possuem nenhum senso humanitário”

Ex-zagueiro concedeu entrevista ao jornal argentino Olé

Por Redação Tupi

Foto: Márcio Cunha/Chapecoense

A tragédia envolvendo o avião da Chapecoense chocou o mundo do futebol em 2016. Dos 77 passageiros que embarcaram no voo 2933 da LaMia, apenas seis conseguiram sobreviver ao fatídico acidente aéreo que tinha como destino a cidade de Medellín. Mais de três anos após a tragédia, o zagueiro Neto, sobrevivente que teve que encerrar a carreira no futebol por conta das sequelas causadas pela queda do avião, fez duras críticas com relação a postura das seguradoras do avião que caiu na Colômbia.

Em entrevista concedida ao jornal argentino Olé, Neto cobrou uma atuação maior do governo brasileiro com relação ao caso e lamentou a falta de apoio dado aos familiares que perderam seus entes queridos na tragédia. Ainda de acordo com o ex-jogador, que atualmente é superintendente de futebol da Chapecoense, as seguradoras não possuem nenhum senso humanitário e ainda tratam os envolvidos no acidente como seus produtos.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
31 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Alexandre Ferreira
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
03:00 - Show do Mário Belisário
11:00 - Programa Francisco Barbosa
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
08:00 - Programa Roberto Canazio
06:00 - Fala Garotinho
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »