Botafogo

No dia da mulher, Flamengo promove ações para combater assédio

Ações serão realizadas no clássico contra o Botafogo, neste sábado(07)

Por Redação Tupi

(Foto: Divulgação/Adidas)
A partir do jogo contra o Botafogo, neste sábado (7), as mulheres que se sentirem assediadas, violentadas ou abusadas de alguma forma no estádio, terão um espaço exclusivo para acolhimento, com uma assistente social. A mulher que estiver dentro do estádio e quiser ser atendida deverá procurar um policial, um brigadista ou um segurança, que acompanhará a mesma até o local.
Será respeitado um minuto de silêncio em homenagem às vítimas de feminicídio e agressão no Brasil.
No uniforme utilizado pelos atletas do Flamengo na partida contra o Botafogo estará estampado “LIGUE 180” na manga, número da Central de Atendimento à Mulher, um serviço gratuito que recebe denúncias por meio de ligações gratuitas e confidenciais.
Já nas costas da camisa, ao invés do nome dos atletas, os uniformes terão “marido da…”, ou “filho da…”, etc. Os atletas elegeram mulheres que, apesar de tão admiráveis quanto eles, são frequentemente reduzidas à “esposa de jogador”, ou à “mãe do atleta”, por exemplo, para estarem em destaque.
Atletas do time feminino de futebol do Flamengo irão assistir à partida em um dos camarotes do estádio e no intervalo irão entrar em campo para apresentar o novo uniforme da equipe.
Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
09 de Abril de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Isabele Benito
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »