Copa do Brasil

No prejuízo! Fluminense perde para o Criciúma e larga em desvantagem nas oitavas de final da Copa do Brasil

Tricolor precisa ganhar por dois gols de diferença na volta para ir direto às quartas

Por Bruno Gentile

Luiz Henrique, do Fluminense, disputa bola com o adversário no jogo contra o Criciúma
(Foto: Mailson Santana/Fluminense)

Saiu atrás! Em partida apática e sem bom desempenho por parte dos tricolores, o Fluminense sofreu as consequências por não ter atuado bem, perdeu por 2 a 1 para o Criciúma, nesta terça-feira (27), no Estádio Heriberto Hülse, em Santa Catarina, pelo duelo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, e largou em desvantagem no confronto, já que, no sábado (31), às 16h30, no Maracanã, no embate de volta, precisará vencer por dois gols de diferença para avançar às quartas do torneio de mata-mata. Se ganhar por um, a decisão da vaga será definida nos pênaltis. Hygor e Fellipe Mateus fizeram a favor dos mandantes e Abel Hernández, na etapa complementar, descontou.

O primeiro tempo de jogo, ao contrário do que se esperava, em função da qualidade das equipes, foi praticamente todo de domínio dos catarinenses e de péssima atuação dos cariocas. Logo aos 2 minutos, a primeira chance dos donos da casa foi construída, com Fellipe Mateus. Alemão cobrou escanteio e Manoel cortou de cabeça. No rebote, o meia foi acionado e bateu em direção à meta para boa defesa de Marcos Felipe. A pressão continuou e os mandantes subiram as linhas de marcação, com o objetivo de encurtar os espaços na saída de bola. Em novo levantamento na área, aos 15, o Tigre assustou novamente: Marcão apareceu livre no meio dos zagueiros e testou firme, mandando perto da baliza adversária.

Apenas aos 20, o Tricolor deu sua primeira finalização ao gol. Yago Felipe tabelou com Luiz Henrique, substituindo Caio Paulista, contundido no músculo adutor da coxa direita, pelo lado campo e arriscou de média distância. O chute saiu forte, mas o arremate vai no meio e o goleiro Gustavo, com tranquilidade, defende sem grandes problemas. A partir daí, o Criciúma, até então melhor no confronto, intensificou ainda mais as jogadas de ataque e ensaiou uma pequena blitz sobre os visitantes. Aos 29 e 30, Hygor, ao quase completar um cruzamento vindo da linha lateral, e Dudu Figueiredo, mandando uma bomba que obrigou Marcos Felipe a fazer ótima intervenção.

O Fluminense até chegou a responder rapidamente, com boa conclusão feita por Nenê, porém, nada que levasse perigo. Na sequência, os catarinenses seguiram ocupando bastante o setor ofensivo e não deixando os oponentes respirarem. Tanto que, aos 36, por pouco não abriram o placar: depois de lançamento para Hélder na ponta esquerda, Samuel Xavier furou ao tentar afastar e a bola sobrou limpa para para o lateral, que bateu para o meio da área. O arqueiro espanou e conseguiu encaixar em dois tempos. Em seguida, a pressão, enfim, surtiu efeito. Aos 39, Martinelli dominou mal, atrapalhou-se e fez um corte por baixo. Gabriel Teixeira perdeu a dividida, Nenê errou o domínio e Eduardo pegou com a sobra. O volante finalizou, com direito a desvio em Hygor, e enganou Marcos Felipe, indo para o fundo das redes. No prejuízo, o Tricolor se lançou à frente e Fred, após cobrança de escanteio de Nenê, cabeceou consciente e firme, entretanto, por cima da meta de Gustavo.

Na volta do intervalo, o time das Laranjeiras retornou melhor e assustou. Aos 5 minutos, Martinelli lançou Samuel Xavier, que cruzou de primeira em direção ao bolo de jogadores. Fred não alcançou e Manoel acabou sendo travado na hora exata do chute. Na rebote, seu companheiro de zaga, Luccas Claro, voltando de lesão, ameaçou uma bicicleta, mas uma falta de ataque foi assinalada e o lance invalidade. Quando parecia que os cariocas chegariam ao empate, veio o balde de água fria em cima dos comandados do técnico Roger Machado. Dudu recebeu na ponta direita, jogou por entre Nenê e Egídio, foi tocado pelo lateral e caiu na área. O árbitro mandou seguir, só que, com o auxílio do VAR, revisou nas imagens e assinou pênalti. Na batida, Fellipe Mateus deslocou o goleiro e ampliou a vantagem para os donos da casa no Heriberto Hülse.

Entretanto, se na qualidade não estava dando, pelo menos com a sorte o Fluminense pôde contar em Santa Catarina. Isso porque o Criciúma mal teve tempo de comemorar o aumento no marcador e, aos 24, o juiz também deu uma penalidade máxima a favor das equipe do Rio de Janeiro, depois de Ganso levantar para Luccas Claro e o zagueiro, sem ter sofrido nenhum contato violento ou faltoso, se atirar no gramado. A central de vídeo não interferiu na decisão de campo e, sendo assim, Abel Hernández, vindo do banco de reservas, bateu com força, vencendo Gustavo e diminuindo a contagem para 2 a 1. O arqueiro, inclusive, levou cartão amarelo por retardar a retomada da partida e esfriar o jogo. A partir daí, o confronto ficou acelerado, porém, não houve boas possibilidades de gol criadas, a não ser uma tentativa com o garoto John Kennedy, já perto do fim. Dessa forma, o placar não se alterou e a derrota tricolor concretizou-se.

Agora, com o resultado negativo, o Fluminense terá pouquíssimo tempo para se preparar para o duelo de volta contra os catarinenses, no sábado (31), às 16h30, no Maracanã, e necessitará de um ótimo desempenho ofensivo para garantir a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil, visto que precisará derrotar o adversário por dois gols de diferença ou mais para carimbar o avanço. Desfalque nesta terça, por conta de uma lesão no músculo adutor da coxa direita, Caio Paulista ainda não se recuperou e a tendência é que não esteja à disposição do treinador Roger Machado até lá. Além dele, Bobadilla, com contusão na panturrilha direita, e Cazares, por ter atuado na competição defendendo o Corinthians, também não será utilizado.

 

 



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »