Esportes

Palmeiras pune Patrick de Paula por quebra de protocolo da Covid-19

Jogador foi multado em 40% do salário por presença em festa clandestina em plena pandemia

Por Redação Tupi

Volante Patrick de Paula cercado por torcedores do Palmeiras em festa clandestina
Patrick de Paula cercado por torcedores do Palmeiras. (Foto: Reprodução)

O Palmeiras decidiu multar o volante Patrick de Paula em 40% do salário por quebra de protocolo da Covid-19. O jogador foi flagrado por torcedores em uma festa clandestina na madrugada desta segunda-feira, no Tatuapé, na zona leste de São Paulo. Em nota, o Palmeiras considerou o episódio como “inadmissível”, e avisou que tomará com o atleta as mesmas medidas que tomou anteriormente com o meia Lucas Lima. Os dois estão afastados por determinação do departamento de futebol do clube. Confira a nota.

“Lamentavelmente, o Palmeiras se deparou com um novo caso de quebra de protocolo sanitário por parte de um de seus atletas. Desta vez o episódio envolveu Patrick de Paula. Da mesma forma com que tratou a situação envolvendo o jogador Lucas Lima, o clube aplicará as sanções administrativas máximas determinadas pelo seu regulamento interno. Ambos os atletas ficam afastados dos treinamentos até determinação do Departamento de Futebol. Lamentamos que casos de falta de empatia e de responsabilidade ainda ocorram em um momento tão difícil para a sociedade. São atitudes inadmissíveis e que receberão o devido tratamento”.

Patrick de Paula foi cerceado e hostilizado por torcedores na saída da festa clandestina, e precisou da ajuda de um segurança para sair do local. Durante a pandemia de Covid-19, outros jogadores quebraram o protocolo sanitário do clube: Luiz Adriano, Danilo, Felipe Melo, Gabriel Veron e Ramires (que já deixou o clube).



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
20:00 - Conexão Tupi
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »