Conecte-se conosco

Campeonato Brasileiro

Para manter boa campanha na temporada, Rogério Ceni pede que São Paulo não venda jovens jogadores

Rodrigo Nestor e Igor Gomes, sondado recentemente pelo Botafogo foram citados pelo treinador

Publicado

em

Treinador prevê queda de rendimento caso jogadores deixem o clube no meio da temporada
Foto: Divulgação/São Paulo

Depois de finalmente se acertar com Rogério Ceni, o São Paulo vem conseguindo realizar um bom início de Campeonato Brasil. Com 12 pontos nos sete primeiros jogos, o Tricolor Paulista é o terceiro colocado na tabela de classificação. O bom começo, no entanto, é o que preocupa o técnico Rogério Ceni, que se mostrou preocupado com a abertura da janela de transferências internacional nos próximos dias.

Recentemente, o presidente do São Paulo, Julio Casares, já havia revelado o pedido do treinador de não negociar os jovens meias Rodrigo Nestor e Igor Gomes, atletas que constantemente são alvos de sondagens. No último domingo (22), após o empate com o Corinthians, em 1 a 1, na Arena Corinthians, Ceni foi perguntado e voltou a comentar o tema:

“Não deveriam vender jogador por menos de dois dígitos. Se não for por mais de 10 milhões de euros, não deveria vender. Compreendo a necessidade do dinheiro e vamos tentar nos antecipar” – comentou o treinador são-paulino.

Igor Gomes, inclusive, esteve na mira do Botafogo durante a primeira janela de transferências. Mesmo com certo interesse, não existiu, de fato, uma negociação concreta pelo atleta. Além de Igor e Nestor, outros dois atletas podem ser alvos na janela, como Gabriel Sara e Luan.

Como argumento para segurar os atletas, Rogério Ceni citou os 20% que o São Paulo pode receber referente à venda do atacante Antony, do Ajax, que deve ter a venda confirmada para o Manchester United. A tendência é que a negociação seja firmada por 60 milhões de euros, pouco mais de 300 milhões de reais. Dessa forma, o Tricolor Paulista receberia algo em torno de R$ 61 milhões.

“Tenho alguns jovens que, se saírem, a chance de cair de desempenho acontece. Esses jovens são muito importantes e não poderíamos perder. No fim do ano, tudo bem, você pode montar outro time, ter nova pré-temporada (…) Se for desmanchar o time, os pontos que conquistamos até agora vão ser importantes por outros motivos” – completou Rogério.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.