Botafogo

Pimpão diz que derrota contra o Flamengo foi injusta e fala sobre renovação com o Fogão

Atacante diz que o time precisa recuperar a vontade dentro de campo que tinha antes da parada para a Copa América

Por Thiago Veras

Foto: Vitor Silva/Botafogo

Com a saída de Erik para o Japão, Rodrigo Pimpão voltou a ter oportunidade como titular do Fogão e agora acredita que terá mais chances. Em entrevista para o TUPI.FM após o jogo contra o Flamengo, o atacante falou sobre a chance e a renovação de contrato.

“O Erik nos ajudou muito. Com velocidade e técnica. Quem chegar ou quem estiver aqui vai nos ajudar. Na nossa carreira a oportunidade passa e é relâmpago. Foi a hora certa dele ir. Agora, eu estou brigando pela posição de titular. Tenho carinho pelo Botafogo, o clube me acolheu muito bem. Estou conversando sobre a renovação, chegamos ao denominador comum e espero que resolva o quanto antes. Falta só assinar”.

Perguntado sobre a derrota por 3 a 2 para o Flamengo, Pimpão afirmou que o resultado foi injusto.

“A gente está focado e acreditando que a reviravolta vai vir o quanto antes. Hoje, o resultado não foi justo. A gente merecia pelo menos o empate ou a vitória. Fomos surpreendidos. Eu tive uma oportunidade, mas a bola acabou subindo. Pegamos em alguns detalhes e o Flamengo foi cirúrgico”.

O atacante diz que o time do Botafogo precisa recuperar a vontade dentro de campo que tinha antes da parada para a Copa América. Pimpão citou que o duelo decisivo contra o Galo, na quarta-feira, pela Sul-Americana, será uma pedreira em Minas Gerais.

“Não vai ser fácil. Sabemos da qualidade do Atlético-MG. Vamos lá e acreditando que é possível reverter essa situação. Antes da parada para Copa América, a gente vinha fazendo essa pressão e com vontade de querer marcar. Espero que no Independência seja assim”.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »