Esportes

Professor Isaías, diretor do Instituto Mais Memória, exalta ídolo Jair Marinho

Jair foi bicampeão mundial em 1962, no Chile, além de "super campeão" com a camisa do Fluminense

Por Beto Jr

Foto: LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE FC

Na madrugada deste sábado(07), o ex-jogador do Fluminense e da seleção brasileira, Jair Marinho morreu, aos 83 anos, em Niterói. Ídolo tricolor e campeão mundial pela seleção em 1962, Jair, disputou 258 jogos com a camisa do clube, com títulos do Carioca e do Torneio Rio-São Paulo.

Jair Marinho havia sofrido um AVC no dia 20 de fevereiro. Ele estava internado na UTI do Hospital de Clínicas da Alameda, em Niterói. O enterro será neste domingo, às 10h, no cemitério do Maruí, também em Niterói.

Quem conviveu com Jair pode falar com mais propriedade sobre esse grande campeão do esporte nacional. O professor Isaías, diretor do Instituto Mais Memória, compartilhou bons momentos com Jair e outros campeões do passado, já que se dedica a um trabalho de valorização da memória do nosso esporte. Para o professor Isaías o dia é de muita tristeza pela morte do amigo.

Nascido em Santo Antônio de Pádua, no Rio de Janeiro, em 1936, Jair Marinho de Oliveira atuou como zagueiro e lateral-direito. Ele integrou o grupo campeão da Copa do Mundo de 1962, mas não chegou a atuar na competição. Era reserva de Djalma Santos. Ele também teve passagens por Vasco e Corinthians.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
31 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Alexandre Ferreira
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
03:00 - Show do Mário Belisário
11:00 - Programa Francisco Barbosa
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
08:00 - Programa Roberto Canazio
06:00 - Fala Garotinho
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »