Esportes

Rogério Ceni: “O maior problema está na cabeça. Precisamos recuperar isso.”

Treinador ainda não venceu no comando da equipe rubro-negra e pede apoio para a volta por cima: "É hora de abraçar este time. Assim como antes de 2019, como essa torcida já fez"

Por Beto Jr

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo perdeu para o São Paulo por 3 a 0, nesta quarta-feira(18), no Morumbi, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, e está eliminado da competição. Na entrevista coletiva após a eliminação, o técnico Rogério Ceni, que ainda não conseguiu sua primeira vitória, lamentou uma queda de rendimento da equipe após o primeiro gol do rival. Para o técnico rubro-negro, o fator psicológico pesou depois de a equipe ter desperdiçado chances na etapa inicial:

– Jogo muito parecido com o do Maracanã. O Flamengo dominou o primeiro tempo e teve oportunidades. Infelizmente o momento faz com que a bola passe próxima do gol e não entre. Na primeira oportunidade do São Paulo, saiu o gol. Aí entra o lado psicológico que acaba atrapalhando todo o esforço. Aí tem o desgaste, tudo que temos enfrentado. Confira outros trechos da entrevista de Rogério Ceni

Peso dos desfalques

Não adianta eu ficar reclamando. Temos que valorizar os que estão em campo dando o seu melhor. Vocês sabem das dificuldades que estamos enfrentando. Não vou reclamar.

Tem como recuperar para a Libertadores?

Não só tem como recuperar o elenco para a Libertadores, como faremos. Mas o maior problema está na cabeça. Precisamos recuperar isso. Sofremos dois gols parecidos e o time sente muito.

Time treina bolas paradas? Faltas e pênaltis

Faltas o Arão e o Vitinho vêm treinando. Dois dias dos cinco treinos que tivemos, eles treinaram. Vitinho e outros cobraram pênaltis também. Acertamos 19 de 24 cobranças nos pênaltis.

Sentimento do torcedor após eliminação

O torcedor, por mais magoado que esteja, tem que comprar este time, pois deu muita alegria. Eu lembro dos momentos difíceis do Flamengo, quando não tinha o Ninho do Urubu. Este time reergueu o Flamengo com tantos títulos. Mentalmente temos que ser fortes. É muito fácil quando tudo está bom. Quando tudo está difícil é que precisamos do torcedor. Eu sei o quanto eles estão tristes, mas é hora de abraçar este time. Assim como antes de 2019, como essa torcida já fez.

Peso da Libertadores aumenta?

Estando no Flamengo, toda competição que você entre, todo mundo tem a expectativa que você vá vencer. Uma coisa eu posso dizer: os caras aqui têm muito comprometimento. Eles escreveram a história e não fica no passado. Eles seguem com vontade de vencer. Vamos trabalhar o mental e fazer escolhas dentro do melhor que nós temos no elenco.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »