Esportes

Ronaldinho Gaúcho e Assis voltam ao Brasil após 171 dias presos no Paraguai

Irmãos desembarcaram na tarde desta terça-feira no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Ronaldinho Gaúcho desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, nesta terça-feira. Ele e o irmão Roberto Assis foram libertados da prisão domiciliar no Paraguai, na tarde de segunda-feira (24), mediante pagamento de multa de R$ 1,1 milhão. Na chegada, o ex-jogador preferiu não conversar com a imprensa.

Eles estavam detidos preventivamente havia mais de cinco meses, exatamente 171 dias, após entrarem no país com documentos paraguaios adulterados. No Rio, os irmãos seguiram para um condomínio na Barra da Tijuca, na zona oeste.

Ronaldinho e o irmão fizeram um acordo com a Justiça do Paraguai. Ronaldinho teve que pagar US$ 90 mil de multa (cerca de R$ 504 mil) e, Assis, outros US$ 110 mil (R$ 616 mil). Mesmo com o retorno ao Brasil, o “Caso Ronaldinho” continua.

As autoridades paraguaias prenderam outras 17 pessoas de uma quadrilha envolvida com falsificação de documentos, evasão de divisas e sonegação de impostos.

Foto: Reprodução
Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »