Esportes

Supervisor do Flamengo destaca desafios na Libertadores durante a pandemia

Gabriel Skinner explica planejamento logístico para a fase de grupos, que será definida em pouco mais de um mês e com jogos em cenários diferentes

Por Marcos Coelho

Foto: Alexandre Vidal (Divulgação / Flamengo).

O começo da Libertadores também marca o início de uma saga de viagens para os clubes que a disputam. E agora, em 2021, a fase de grupos, que começa no dia 20 de abril, será ainda mais desafiadora pelo fato da realização no período inferior em comparação aos anos anteriores. Os classificados para as oitavas de final serão definidos em jogos disputados praticamente em um mês, tabela corrida que exige habilidade dos supervisores, caso de Gabriel Skinner, no Flamengo.

Outro desafio é a pandemia do coronavírus e a diferença de normais entre os países que recebem os jogos. Tal cenário pode proporcionar algumas indefinições, como foi para Vélez Sarsfield x Flamengo, marcado para terça, 21h30, em Buenos Aires, e que teve mudança de horário ou local cogitados. A realização sem alterações foi garantida após negociação entre Conmebol e governo argentino, que na última sexta, através de decreto, inviabilizou a realização de jogos após 20h para evitar aglomerações.

“A Libertadores é um torneio muito complexo e nessa época de pandemia se torna ainda mais. Nosso trabalho começou no dia 9, quando saio o sorteio da Libertadores e identificamos os adversários e as sedes. Começamos um trabalho de mapeamento. Já temos tudo isso pronto, uma experiência de competições. Quito é uma cidade que a gente conhece bem, Buenos Aires também. La Calera a gente não conhece, mas vamos fazer um estudo com os times que já foram para mapear melhor”, analisou o supervisor de futebol do Flamengo.

O Flamengo terá três cenários distintos na fase de grupos enfrentando o tradicional Vélez Sarsfield, em Buenos Aires, o LDU na altitude de Quito e o Unión La Calera, que joga na grama sintética. Além da mudança de cenário de acordo com cada país em relação à pandemia, sem contar a distância geográfica entre os locais dos jogos.

“Por tudo isso que está envolvido, a Libertadores é uma das competições mais difíceis do cenário mundial. É realizada em países totalmente diferentes. Distância, altitude, clima, tudo diferente entre um país e outro. Se percorre longas distâncias entre Equador, Argentina, Chile. Você tem que ter atenção a todos os detalhes”, analisou o supervisor de futebol do Flamengo.

O primeiro jogo do Flamengo será na próxima terça-feira (20/04), na Argentina. Há outras viagens programadas, como Quito (Equador), no dia 4 de maio, e La Calera (Chile), em 11 de maio. Abaixo, confira a entrevista concedida por Gabriel Skinner no Super Futebol Tupi do Flamengo deste domingo:

 

Comentários

enquete

Quem vai levar a melhor no Fla-Flu no Cariocão?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Baú da Tupi
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Pedro Augusto
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
03:00 - Domingo Show
12:00 - Bola em Jogo
06:00 - Ele & Ela
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »