Conecte-se conosco

Campeonato Brasileiro

Tite faz última convocação da Seleção na temporada e pode não chamar jogadores que atuam no Brasil

Canarinha irá enfrentar a Colômbia, em São Paulo, e a Argentina, em San Juan

Publicado

em

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Tite durante entrevista coletiva na CBF após convocação da Seleção Brasileira

(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Com folga na liderança das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, no Catar, a Seleção Brasileira terá, na próxima sexta-feira (26), a última convocação da temporada para a data Fifa de novembro, na qual irá enfrentar a Colômbia, no dia 11, na Neo Química Arena, em São Paulo, e Argentina, dia 16, na cidade de San Juan. O técnico Tite chamará, ao menos, 23 jogadores para defender a Amarelinha neste período e a tendência é que deixe de fora os atletas que atuam em clubes do Brasil, a fim de não prejudicar a reta final das competições nacionais e sul-americanas.

A possibilidade de a relação não contar com aqueles que jogam em equipes do mercado interno passou a ser espalhada e discutida internamente pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) há algumas semanas, de forma a não comprometer o já apertado calendário do Campeonato Brasileiro, em suas dez rodadas restantes, e da Copa do Brasil, atualmente na semifinal. Além disso, soma-se ainda a grande decisão da Libertadores, que será disputada por dois times canarinhos: Palmeiras e Flamengo. A ideia começou a ganhar força nos bastidores principalmente por conta da posição confortável do país no torneio, praticamente garantido no Mundial do ano que vem.

Na lista anterior, referente aos confrontos com Venezuela e Colômbia, fora de casa, e Uruguai, na Arena da Amazônia, Tite chamou jogadores do Atlético-MG, Palmeiras, Internacional e Flamengo, clubes que estão diretamente envolvidos nas retas finais das principais competições do continente. Vale lembrar que, desde o início da pandemia de covid-19, esta será a primeira convocação do treinador que contará com a presença de jornalistas na sala de imprensa – o que ocorreu, pela última oportunidade, em março de 2020.

Neste momento, a Seleção Brasileira é a líder isolada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, de forma invicta, com 31 pontos conquistados (10 vitórias e somente um empate em toda a campanha). A partir do ano em que o torneio passou a ser realizado no formato de pontos corridos, nunca um país acabou ficando de fora de um Mundial obtendo esse patamar de pontuação.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.