Esportes

Vasco corre risco de perder pontos por conta de escalação de jogador que estaria irregular

Entenda o caso que envolve o atacante Clayton

Por Sérgio Guimarães e Matheus Emanuel

Foto: Rafael Ribeiro

Uma polêmica se instaurou nesta segunda-feira em São Januário e pode dar dor de cabeça aos dirigentes vascaínos em breve. Nas últimas horas, clubes que brigam contra o rebaixamento levantaram nos bastidores a suspeita de que o atacante Clayton teria jogado oito jogos pelo cruzmaltino de forma irregular.

Entenda a polêmica:

Clayton foi emprestado pelo Atlético Mineiro para o Bahia no início da temporada. No clube de Salvador, o atacante foi relacionado por dez vezes, mas entrou em campo apenas em uma partida. Em agosto, Clayton foi devolvido ao Atlético Mineiro e foi relacionado em duas oportunidades, entretanto, não entrou em campo com a camisa do Galo. Após esse curto período no time mineiro, Clayton foi novamente emprestado, desta vez para o Vasco, onde entrou em campo sete vezes.

O artigo 46 do Regulamento Geral das Competições (RGC) diz: “O atleta que já tenha atuado por 2 (dois) outros Clubes durante a temporada, em quaisquer das competições nacionais coordenadas pela CBF e integrante do calendário anual, não pode atuar por um terceiro Clube, mesmo que esteja regularmente registrado.” O artigo IV do próprio RGC complementa: “Entende-se por atuar o ato do atleta entrar em campo para a disputa da partida, desde o seu início ou no decorrer dela ou quando apenado pelo árbitro ou pela Justiça Desportiva.”

Por esse artigo, o Vasco não seria punido, uma vez que Clayton não entrou em campo com a camisa do Atlético Mineiro. Entretanto, o artigo 11 do regulamento específico do Campeonato Brasileiro diz que o jogador pode mudar de clube dentro do Campeonato Brasileiro apenas uma vez: “Um atleta poderá, após o início do Campeonato, se transferir para outro clube da Série A, desde que tenha atuado em um número máximo de 6 (seis) partidas pelo clube de origem, sendo permitido que cada atleta mude de clube apenas uma vez.”

Consultado pela reportagem da Super Rádio Tupi, o Dr Paulo César Salomão, presidente do STJD, disse que não poderia dar o seu parecer, pois o mesmo pode ter que julgar o tema em breve.

“Tudo é muito incipiente ainda. Ninguém acionou o STJD. Esta questão pode ser apresentada pela procuradoria”, disse.

O Vasco da Gama ocupa a décima colocação do Campeonato Brasileiro com 44 pontos ganhos. O time de Vanderlei Luxemburgo empatou com o Goiás na noite desta segunda-feira por 1 a 1, no Estádio de São Januário.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
11 de Dezembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »