Botafogo

Crivella autoriza fisioterapia com bola nos clubes a partir desta terça e treinos coletivos em junho

Prefeito do Rio diz que entrou em contato por telefone com Fluminense e Botafogo e agradece às equipes por aceitarem o retorno. Diretoria tricolor, entretanto, informa que não falou com a prefeitura

Por Bruno Almeida

(Foto: Diana Rogers/Tupi)

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, informou, em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira (25/05), que os clubes estão autorizados a realizar atividades médicas e de fisioterapia com bola a partir desta terça-feira. Os treinos coletivos, entretanto, podem ser feitos apenas em junho, ou seja, daqui a uma semana. Para isso, ele afirmou que entrou em contato telefônico com Botafogo e Fluminense, ausentes da reunião feita no domingo, e que os dois times aceitaram as condições. O alvinegro confirmou a informação em nota oficial, já o tricolor publicou que não conversou com a prefeitura.

De acordo com Crivella, os dirigentes queriam retomar os treinos coletivos já nesta segunda-feira, o que não foi acatado pela prefeitura. O prefeito também informou que pediu o retorno dos jogos para julho, mas os dirigentes solicitaram uma possível volta em junho. Com isso, chegou-se a conclusão de que a retomada da competição vai depender do controle da pandemia no Rio. Assim, há a possibilidade de partidas serem disputadas em meados do próximo mês.

“Não vamos relaxar as medidas de afastamento social. Aquela reunião que tivemos no sábado com o Conselho Científico foi quase consenso. É que nos devemos esperar mais um período para esperar o retorno as atividades. O futebol esperava voltar hoje (segunda) os treinos, rachão. Pedimos para junho e foi aceito. Pedimos também que o jogos voltassem em julho, sem torcida. Eles pediram para verificada a curva de junho, meados de junho. Há expectativa de nossos especialistas que estejamos quase em zero. E que nós então de posse desse dado pudéssemos definir a rodada que termina o estadual. Isso em meados de junho. Eu agradeço a reunião que fizemos ontem (domingo) de quase três horas aqui no Riocentro”.

Crivella ressaltou que foi autorizado para esta terça-feira apenas a volta dos treinos físicos, de reabilitação muscular e fisioterapia com bola. O prefeito usou a Alemanha com exemplo para o retorno dessas atividades, já que muitos atletas se lesionaram após a retomada do futebol no país. Então, o objetivo é prevenir essas possíveis lesões. Ele também agradeceu aos clubes por aceitarem as condições.

“Eu quero agradecer a compreensão dos clubes, porque aquela pretensão de voltar com os treinos em maio, foi compreendida que não era possível. Então, ficou para junho. O que eles vão fazer é a fisioterapia, os atletas precisam se manter em forma, porque, daqui a pouco, se Deus quiser, volta o campeonato. E nos países que estão voltando os campeonatos está havendo muitas lesões, é o caso, por exemplo, da Alemanha, muitos jogadores estão apresentando lesões. Então aqui, estamos precisando ganhar prazo, ganhar tempo, as nossas curvas estão baixando, já conseguimos ver no horizonte nosso retorno, mas que não é agora. Eu quero agradecer aos clubes então que aceitaram, Botafogo, Fluminense, Vasco e Flamengo. Vasco e Flamengo presentes, Botafogo e Fluminense por contatos telefônicos, de que nós estão deixamos treinamentos, eu falo de rachão e coletivo, que é realmente o treino com bola, para o mês de junho”.

Em seguida, o prefeito destacou que ainda não da para definir uma data para a volta da competição, já que ela depende do controle da pandemia do coronavírus.

“Dependendo das curvas, marcamos, então, as datas para os últimos jogos do nosso campeonato, que ficou por terminar. Agradecer muito tanto ao conselho científico, que sábado passamos muito tempo reunidos, como também aos clubes que ontem à tarde estiveram aqui conosco, na reunião que durou duas horas e meia”.

Após o pronunciamento de Marcelo Crivella, o Fluminense emitiu uma nota oficial negando que entrou em contato com as autoridades e não debateu sobre a decisão para o retorno do esporte.

“O Fluminense vem a público esclarecer que não fez nenhum contato telefônico com a prefeitura e tampouco com o prefeito, seja para tratar da reunião em que se discutiu a volta do futebol ou para qualquer outro assunto”.

Já o Botafogo anunciou nas redes sociais que conversou com o prefeito e concordou com a retomada dos treinamentos a partir do começo de junho. O alvinegro também afirmou que sugeriu a volta das competições entre final do próximo mês e o começo de julho.

“O Botafogo confirma contatos telefônicos com o Prefeito Marcelo Crivella, onde reforçou o seu o posicionamento e pontuou que o momento não é de retomar os treinamentos presenciais, sugerindo que seja realizado em oportunidade futura, dependendo do estágio da COVID-19. Com a sugestão para os treinos ocorrerem somente a partir de 1/6 e volta dos jogos no período entre 28/6 e 4/7”.

Vale destacar que a reunião entre o prefeito e os clubes no domingo foi feita após o estado anunciar o maior número de mortes por coronavírus em 24 horas, com 248 óbitos anunciados no sábado. Ao todo, 3.993 pessoas morreram no o Rio de Janeiro pela Covid-19 e 37.912 já contraíram a doença.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »