Coronavírus

Federação Paulista faz protocolo para volta do campeonato e indica confinamento dos times

Uso de máscara vai ser obrigatória para quem estiver no banco de reservas. Comitê avalia também a recomendação da não comemoração dos gols

Por Bruno Almeida

(Foto: Reprodução/Rubens Chiri e Paulo Pinto/saopaulofc.net)

A Federação Paulista de Futebol (FPF) apresentou ao governo do estado de São Paulo um protocolo médico para a volta do campeonato estadual, com medidas de contenção da propagação da Covid-19. Dentre as determinações há o confinamento das delegações dos clubes e equipes de arbitragem durante todo o restante da competição e o uso de máscaras para os jogadores do banco de reserva. Está sendo estudada também a possibilidade de sugestão de evitar comemorações dos gols, para não ter um contato mais próximo entre os atletas.

A FPF já definiu alguns pontos. As partidas vão ser disputadas com os portões fechados, sem a presença de público. O uso de máscaras será obrigatório em quase todas as situações, menos para os jogadores que estiverem dentro de campo, os árbitros e os treinadores durante os 90 minutos. Os envolvidos devem evitar o uso compartilhado de materiais, como garrafas e outros. Os atletas, comissões técnicas e demais envolvidos vão realizar testes periódicos. Já os treinos e jogos terão restrições no número de pessoas, limitando em aproximadamente 170 profissionais. O documento é assinado pelo ortopedista Moisés Cohen, presidente do Comitê Médico da federação.

Outras medidas ainda estão sendo analisadas. Além de uma possível recomendação contra as comemorações dos gols, há a possibilidade dos jogadores atuarem com mangas compridas e de luvas. Em entrevista ao site Globoesporte.com, Marcelo Cohen ressaltou que a questão da celebração não seria uma regra, mas uma indicação.

– Ainda estamos estudando e discutindo a viabilidade de algumas situações. O fato é que vai mudar muito a cultura como um todo. Uma comemoração de gol, por exemplo, aumenta a exposição ao risco de contaminação. Claro que em situações como disputa no alto de um escanteio, o contato é inevitável. Mas ainda vamos analisar medidas educativas para que sejam sugeridas. São pontos de conscientização, não regras.

A proposta também indica que os clubes terão de fornecer materiais explicativos sobre os procedimentos e também itens de segurança e cuidados, como EPIs (equipamento de proteção individual), máscara para funcionários, álcool gel, kits para testes e termômetros para medição rápida.

Ainda segundo o documento, se o teste de alguém der positivo para Covid-19, a pessoa deve ficar em isolamento por duas semanas, até fazer um novo exame. Já os demais participantes do grupo da concentração também precisam passar por novas avaliações.

Vale destacar que a FPF ainda não trabalha com uma data de retorno dos treinamentos, pois espera a autorização das autoridades de saúde. O Estado de São Paulo está com isolamento social decretado até 10 de maio. Após a liberação, os clubes vão voltar a treinar na mesma, para não ter uma disparidade física no retorno da competição.

O Campeonato Paulista foi paralisado no dia 16 de março, a duas rodadas do fim da primeira fase, devido à pandemia do novo coronavírus. Restam ainda as quartas de final e semifinal em jogo único, além da decisão com ida e volta.

Confira os principais pontos do protocolo médico da FPF

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

 

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »