Esportes

Hospital errou em 23 testes de coronavírus do Bragantino, antes de jogo contra Corinthians

Nove jogadores não treinaram nos dias anteriores ao confronto, pois resultado tinha dado positivo para a doença. Atletas foram liberados para jogarem a uma hora e meia do começo da partida

Por Bruno Almeida

(Foto: Reprodução/Twitter)

Um fato curioso aconteceu antes da semifinal do Campeonato Paulista, entre Red Bull Bragantino e Corinthians, realizada na última quinta-feira. Isso porque, na terça, a equipe de Bragança Paulista recebeu 23 resultados positivos de coronavírus, sendo nove de jogadores, seis deles titulares do time. Com isso, os integrantes foram afastados do clube, para cumprir a quarentena obrigatória. Entretanto, apenas uma hora e meia antes da partida começar, o Hospital Albert Einstein informou ao clube que os resultados foram errados e, na realidade, todos deram negativos, ou seja, ninguém foi infectado.

Então, o Bragantino entrou em campo com todos os atletas, mas o clube notificou a Federação Paulista de Futebol e a CBF, pois se sente prejudicado, já que os atletas não treinaram nas vésperas da partida, cumprindo o protocolo médico. O time, que tinha a melhor campanha do Campeonato, acabou perdendo por 2 a 0 para o Corinthians e foi eliminado do Paulistão. Apesar disso, a diretoria ressaltou que pois não quer usar esse fator como uma desculpa para a derrota.

Em nota oficial, o Albert Einstein confirmou o equívoco e disse que o erro se deu por um problema em um lote específico de reagentes importados.

Confira a nota completa

“O Einstein recebeu amostras de secreção nasofaríngea de atletas e membros da Comissão Técnica do Red Bull Bragantino para análise da presença da Sars-Cov2. As amostras tiveram resultado liberado no fim da tarde da última terça-feira, dia 28, sendo que algumas apresentaram resultado positivo.

Na quinta-feira, dia 30, o Red Bull Bragantino solicitou um novo teste destas amostras, que foram coletadas e processadas no mesmo dia. No novo processamento, estas amostras resultaram negativas.

Na análise dos processos internos, identificou-se um lote específico de reagentes importados (“primers”) com instabilidade de funcionamento, que foram provavelmente os responsáveis pelos resultados divergentes.

A fabricante, uma empresa internacional, foi imediatamente notificada sobre a ocorrência e os lotes com desempenho atípico foram retirados da rotina de exames do laboratório do Hospital Israelita Albert Einstein”.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »