Coronavírus

Clube da primeira divisão do País de Gales fecha, devido a pandemia do coronavírus

Equipe de 141 anos e bicampeã galesa é a primeira a fechar por causa da crise financeira causada pela Covid-19

Por Bruno Almeida

Foto: Reprodução/Twitter)

O Rhyl FC, clube de 141 anos do País de Galês, divulgou nas redes sociais que teve que fechar, devido a crise financeira causada pela pandemia do novo coronavírus. O bicampeão galês, que ainda atua na primeira divisão do Campeonato, afirmou ter ficado sem patrocinadores e, com isso, em uma situação financeiramente insustentável. A equipe se tornou a primeira a encerrar as atividades por causa da crise da Covid-19.

No comunicado oficial, o clube afirmou ter explorado opções de financiamento externo e um empréstimo da Federação Galesa. Entretanto, a equipe disse acreditar que a retomada do Campeonato com espectadores deva demorar, mesmo com a confederação afirmando o desejo de retomar a temporada no meio do ano.

Outro fator importante para a decisão foi um problema com o dono do terreno onde fica o estádio do clube. De acordo com o comunicado, o Rhyl FC pagava cerca de 24 mil libras (cerca de R$ 160 mil) por ano para ter o terreno. A equipe, inclusive, fez várias propostas para comprar o local por definitivo nos últimos anos, mas todas foram negadas.

Então, devido a falta de patrocínio e sem uma previsão de volta das competições, o Rhyl FC se viu obrigado a fechar. “Este é um dia muito emocionante para todos os que estão conectados ao Clube – Voluntários, Apoiadores, Jogadores, Treinadores e todos os Diretores do Clube. Somos todos fãs e sentimos isso profundamente. Dito isto, a cidade tem uma história de futebol muito orgulhosa e um caráter muito determinado e, como em 1992, não tenho dúvidas de que um novo clube muito forte surgirá dessa baixa”, disse o presidente do clube, Paul Higginson.

“A difícil decisão foi tomada pelo Conselho de Administração depois de considerar o impacto financeiro da suspensão de todas as atividades de futebol devido ao impacto sem precedentes da covid-19, a falta de vontade do proprietário do terreno em considerar um arrendamento ou venda longa em termos de mercado e os custos fixos contínuos sem perspectivas de renda. Com a suspensão das atividades, esses fluxos de renda secaram, com razão, o foco deve estar na saúde de todos os apoiadores nesses tempos de crise nacional”, diz parte do comunicado.

Confira o comunicado

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Maio de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Na Companhia Do Garcia
« Programa Anterior
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »