Coronavírus

Estudo diz que coronavírus causa ansiedade e depressão em atletas profissionais

Pesquisa foi feita pela FIFPro e pelo sindicato de jogadores de futebol da Austrália

Por Bruno Almeida

Foto: Reprodução/Twitter

Um estudo feito pela Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol (FIFPro), junto ao sindicato de jogadores da Austrália, mostrou que a pandemia do coronavírus está atacando diretamente também o psicológico dos atletas. De acordo com a pesquisa, já há um aumento comprovado nas taxas de ansiedade e depressão dos futebolistas, devido à Covid-19.

Ao todo, 58% dos jogadores, homens e mulheres, mencionaram sintomas de ansiedade e 45% de depressão. Além disso, 77% dos atletas relataram preocupação com as carreiras. Mais de 150 profissionais australianos participaram do estudo, a maioria deles, inclusive, moram no país.

Os sintomas de ansiedade moderada a grave, que normalmente fica em 5% na comunidade em geral, subiu para 8% entre os atletas, segundo a pesquisa. Josh Didulica, executivo-chefe do sindicato dos jogadores da Austrália, disse, em comunicado oficial, que os números são preocupantes e que é preciso tratar o assunto melhor.

“Essas tendências alarmantes devem despertar a atenção e devem reformular corretamente o foco da covid-19 no futebol, dos impactos econômicos aos humanos e à saúde. Todos sabemos que a economia futura do esporte mudará e que todos precisamos nos adaptar a isso. No entanto, o que não deve mudar é o compromisso de apoiar nosso pessoal – e a atual incerteza é central para os crescentes desafios de saúde mental que os jogadores enfrentam”.

A primeira divisão do futebol masculino na Austrália está suspensa até, pelo menos, 22 de abril. A competição feminina, por sua vez, já foi concluída.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
03 de Junho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »