Esportes

FIFA bate o martelo e diz que Cardiff terá que pagar ao Nantes a primeira parcela da venda de Emiliano Sala

Após tragédia, times galês reteve o dinheiro da primeira parcela, que deveria ser paga após a assinatura de contrato

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

A FIFA teve que intervir e colocar um ponto final na disputa entre o Cardiff, da Inglaterra, e o Nantes da França, em relação ao pagamento da transferência do atacante Emiliano Sala, que acabou morrendo em um acidente de avião, quando se transferia para o novo clube. A entidade máxima do futebol definiu que o time galês terá que pagar 6 milhões de euros (cerca de R$ 27,2 milhões) da negociação combinada.

O Nantes tinha acertado a venda de Emiliano Sala ao Cardiff por €17 milhões (R$ 71,5 milhões), na então contratação mais cara da história do time galês. O valor seria parcelado em três anos. A primeira parte, em tese, deveria ser descontada uma semana após a assinatura do contrato, dias antes do acidente, o que não foi feito na época porque o clube britânico reteve o pagamento até que as investigações sobre o acidente fossem concluídas.

Sala morreu em um acidente de avião no dia 21 de janeiro, quando viajava de Nantes para Cardiff. Três dias depois do acidente, as buscas foram encerradas, e o corpo do jogador só foi encontrado no avião por um resgate privado contratado pela família do atacante. O piloto David Ibbotson, de 59 anos, ainda está desaparecido.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Fevereiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Baú da Tupi
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
04:00 - Domingo Show
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »