Esportes

Dudamel aciona Atlético-MG na FIFA e cobra 3,2 milhões de reais do clube

Treinador venezuelano comandou o time por dez partidas e pede dinheiro de salários não pagos e multa

Por Bruno Almeida

(Foto: Reprodução/Bruno Cantini/Atlético-MG)

Nas vésperas da estreia do Campeonato Brasileiro contra o Flamengo, o Atlético-MG tem uma nova preocupação. O técnico Rafael Dudamel, que comandou o time no começo do ano por apenas dez partidas, entrou com uma ação na FIFA, cobrando salários não pagos e a multa da saída. O valor total é de R$ 3,2 milhões.

Dudamel, de 47 anos, foi contratado em janeiro, após ótimo trabalho pela seleção venezuelana. O contrato entre o treinador e o clube ia até o fim do ano que vem. Mas, após apenas dez jogos e as eliminações na primeira fase da Sul-Americana, para o Unión-ARG, e na segunda da Copa do Brasil, para o Afogados, o técnico não resistiu e foi demitido.

Outro fator que acabou pesando para a demissão do treinador foi o mal relacionamento do técnico com alguns atletas do elenco. O técnico cobrava muito e alguns jogadores não aceitaram bem o estilo, o que rendeu até críticas públicas.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »